quinta-feira, 19 de outubro de 2017

"A presença de clérigos na Acção Integralista Brasileira"

A presença de religiosos nas fileiras do Sigma é um tema embrionário, infelizmente pouco se sabe sobre a participação de clérigos no Integralismo, também chamados de "batinas-verdes". Em uma análise inicial é possível encontrar na Câmara dos Quatrocentos, um dos principais órgãos do movimento, a presença de três religiosos, são eles: Leopoldo Aires, Ponciano Stenzel dos Santos e Tomás de Aquino. 

Livros, artigos ou comícios, por exemplo, são outras formas de observar a presença marcante de religiosos no Integralismo. Ao pesquisar os jornais publicados pelos camisas-verdes é possível encontrar alguns artigos justificando a adesão de alguns personagens no movimento, como do Padre Leopoldo Aires. No jornal A Razão, publicado em 23 de fevereiro de 1937, n° 227,  esta presente um pequeno artigo informando a adesão do clérigo, figura de destaque no Estado de São Paulo. 

Curiosamente o artigo publicado no jornal A Razão terá uma versão estendida, publicado em forma de opúsculo com o título "Por que me fiz Integralista - Uma explicação A Provincia de São Paulo e um appello a mocidade paulista", editado no Estado do Rio de Janeiro, em 1937. A rara publicação aborda não apenas os aspectos do seu ingresso no Sigma, mais um apanhado de toda sua trajetória política que culminou com a filiação na Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937). 


Acima imagem do artigo publicado no jornal A Razão,em 23 de fevereiro de 1937, n° 227, página 01, com o título "O Pe. Leopoldo Aires no Integralismo" (Fonte: Biblioteca Nacional). 


Na imagem opúsculo "Por que me fiz Integralista - Uma explicação A Provinca de São Paulo e um appello a mocidade paulista", editado no Estado do Rio de Janeiro, em 1937 (Fonte: APERJ).

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

"Divulgando as obras Integralistas pelo país"

Livros sobre o Integralismo publicados na década 1930 são raros com preços acima da média, sua raridade em parte decorre do número baixo de edições e das perseguições ocorridas durante o Estado Novo (1937-1945), responsáveis em apreender e destruir farto material da bibliografia do Sigma, pela polícia e seus militantes, com medo de serem presos portando itens proibidos. 

Antes da instauração do Estado Novo a comercialização de livros e jornais Integralistas foi algo fartamente realizado em todo o território nacional, com a publicação de inúmeros encartes divulgando as obras Integralistas, em alguns casos com imagens e biografias dos seus autores, como por exemplo, do líder Plínio Salgado. 

Com o objetivo de atrair o publico consumidor do movimento algumas editoras disponibilizavam o serviço de encadernação em verde, com letras e o símbolo Integralista Sigma em dourado, como, foi o caso da Livraria Editora Coelho Branco, responsável em publicar inúmeras obras da bibliografia Integralista. 


 Acima capa do encarte intitulado "Livros do Consagrado Escriptor Plinio Salgado", publicado pela Livraria Editora Coelho Branco (Fonte: APERJ).


Acima contracapa do encarte intitulado "Livros do Consagrado Escriptor Plinio Salgado", publicado pela Livraria Editora Coelho Branco, na imagem é possível observar farta disponibilidade de obras Integralistas (Fonte: APERJ).

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

"Líder da levante Integralista é preso no Rio de Janeiro"

A revolução no 11 de maio de 1938 entrou para história como Intentona Integralista, entretanto muitos historiadores concordam que o movimento que culminou com o levante revolucionário aglutinou inúmeros grupos políticos antivarguistas, com lideranças diversas, dentre elas, a do militar Severo Fournier, objetivando a deposição do Estado Novo (1937-1945). 

Após a malograda aventura as capas dos diversos jornais irão divulgar a imagem de Severo Fournier como principal líder da revolta, sendo considerado foragido pela justiça com um prêmio pela sua captura aos eventuais delatores. Através de uma ousada fuga pela capital Fournier consegue  chegar até a embaixada da Itália, se tornando um "problema" diplomático apenas solucionado com uma contrapartida do governo brasileiro em liberar valores confiscados do governo italiano em troca da prisão do revolucionário, que faleceu em 1946 devido a tuberculose agravada aos maus tratos sofridos durante o encarceramento.

Sobre o tema sugiro aos interessados a leitura de trêss livro, "A Revolução dos Covardes", publicado em 1947 pela editora Cruzeiro, "1938-Terrorismo em Campo Verde", publicado em 1971 pela editora Civilização Brasileira e "Falta alguém em Nuremberg", publicado em 1947 pela editora Edições do Povo,  estas obras podem ser encontradas com facilidade em sebos pelo país. 


Acima imagem parcial do jornal Correio Paulista, publicado em 08 de julho de 1938, com a notícia "O ex-tenente Severo Fournier foi entregue, finalmente, as autoridades brasileiras" (Fonte: Biblioteca Nacional).  

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

"Perseguição aos Integralista Baianos"

Os camisas-verdes em diferentes regiões do país sofreram intensa perseguição através da força policial, em alguns Estados o combate a Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) se transformou em verdadeiras atrocidades, patrocinadas pelas autoridades públicas, como no caso do Estado da Bahia, amplamente publicado no jornal A Offensiva

Na edição n° 260, circulada no dia 16 de agosto de 1936, o periódico aborda com destaque o tema através da manchete "Perseguições aos Integralista Bahianos - Os integralistas de São Felippe narram-nos em carta as perseguições que vêm soffrendo desde dezembro de 1935 por parte das autoridades locaes, a mando do governo do Estado. As atrocidades patricadas pela policia cerceada inteiramente a liberdade eleitoral". 

A Acção Integralista Brasileira durante sua existência rompeu com o domínio de oligarquias locais, sua presença na política nacional representou uma oposição natural, em regiões como no interior da Bahia, dominada por famílias tradicionais, sendo uma resposta ao fracassado modo de conduzir o país. Em resposta ao vertiginoso crescimento do Sigma, seus opositores utilizaram da violência para frear seu crescimento, como, por exemplo, o cerceamento a liberdade eleitoral abordado no jornal.

Acima imagem parcial  da edição n° 260 do jornal A Offensiva, publicada no dia 16 de agosto de 1936 (Fonte: Biblioteca Nacional).

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

"Lançamento do livro Plínio Salgado: um católico integralista entre Portugal e Brasil (1895-1975)"

No dia 11 de outubro de 2017, às 15:00 horas, no Instituto de Ciência Sociais da Universidade de Lisboa, será lançado o livro "Plínio Salgado: um integralista entre Portugal e o Brasil (1895-1975)", de autoria do Prof. Leandro Pereira Gonçalves, autor de inúmeros trabalhos sobre o Integralismo brasileiro. 

Material biográfico sobre a vida e obra do líder Integralista são extremamente raros, os historiadores ao se debruçarem sobre o tema focam geralmente em um curto período da história de Salgado, esquecendo que o personagem participou ativamente da vida política nacional, sendo inclusive um dos principais personagens no exílio, durante o Estado Novo (1937-1945).


Acima imagem do convite de lançamento do livro  "Plínio Salgado: um integralista entre Portugal e o Brasil (1895-1975)" (Fonte: Facebook).


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

"A primeira bandeira do Brasil do Partido de Representação Popular"

No dia 07 de setembro de 2017, data que se comemora em todo o país a Independência do Brasil, recebi do escritor Sergio Vasconcellos uma icônica imagem do Partido de Representação Popular - PRP (1945-1965), trata-se da primeira bandeira do Brasil do partido populista em sua sede localizada no Estado do Rio de Janeiro, localizado provisoriamente na Rua Evaristo da Veiga.

Segundo o Sr. Sergio Vasconcellos: "Quando a bandeira ia ser substituída, o saudoso Companheiro Milton Ferreira de Carvalho pediu-a para si e recebeu-a de presente. Um belo dia, eu vou visitá-lo no seu escritório na Av. Beira Mar e lá pelas tantas da conversa ele me diz "tenho um presente para você". Vai para uma outra sala e em instantes me presenteia com a bandeira". 

Hoje, a bandeira com seus esplêndidos 62 anos de idade é uma testemunha viva da história do Partido de Representação Popular, permanecendo na coleção particular da família Vasconcellos, como um símbolo de resistência da história da política nacional.


Acima imagem da primeira bandeira do Partido de Representação Popular - PRP (1945-1965) presente até sua substituição na sede da legenda (Fonte: Sergio Vasconcellos). 

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

"Comício Integralista em Campos dos Goytacazes é tema de Palestra no Rio de Janeiro"

No dia 29 de agosto de 2017 o Instituto Histórico e Geográfico de Campos (IHGC), localizado na cidade de Campos dos Goytacazes, Estado do Rio de Janeiro, promoveu, no Museu Histórico de Campos, a palestra "Sangue na Praça do Santíssimo Salvador - o Comício Integralista de 1937", através da palestrante professora Márcia Regina da Silva Ramos Carneiro. 

Em 2010 escrevi um pequeno texto com título "Relembrando a memória Integralista, o massacre na cidade de Campos dos Goytacazes - RJ", sobre o ocorrido, abordando os aspectos singulares deste conflito entre Comunistas e Integralistas, que vitimou três camisas-verdes, são eles:  Amaro Miranda, José Antenor de Paula Barreto e Amaro Tavares

Para maiores informações, acesse: http://g1.globo.com/rj/norte-fluminense/noticia/palestra-em-museu-historico-de-campos-vai-abordar-massacre-dos-integralistas-em-1937.ghtml

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

"Fascismos e Integralismos em debate durante VI Congresso Nacional de História"


Acima imagem de divulgação do VI Congresso Nacional de História, X Encontro de Estudantes de História - Conservadorismo e expressões de poder pela violência: esferas (extra) institucionais e privadas (Fonte: Facebook).  

No dia 04 e 06 de setembro de 2017, no Campus Darcy Ribeiro, na Universidade Estadual de Montes Claros - MG será realizado o VI Congresso Nacional de História. Para os interessados sobre o tema Integralismo, no dia 06 de setembro, 14:00 às 18:00 horas, na sala 213, irá ocorrer a mesa temática "Fascismos e Integralismos em debate", com a presença de diversos pesquisadores com trabalhos relacionados ao tema. 

O evento que conta com o apoio do Grupo de Estudos sobre Integralismo - GEINT é uma ótima oportunidade para os interessados sobre a temática residentes em Minas Gerais trocarem dúvidas e conhecimento sobre seus projetos de pesquisa com professores que possuem vasta experiência relacionados a história e doutrina do Sigma. 


Imagem com informações sobre a mesa temática  "Fascismos e Integralismos em debate"
que irá ocorrer no dia 06 de setembro, 14:00 às 18:00 horas, na sala 213, Campus Darcy Ribeiro, na Universidade Estadual de Montes Claros - MG (Fonte: Facebook).

Para maiores informações, acesse: https://felipecazetta.wixsite.com/conservadorismopoder/cronograma

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

"O Princípio Fundamental do Integralismo"

Ao longo dos anos inúmeros autores pelo país se debruçam sobre a história e doutrina do Integralismo brasileiro, tentando compreender os aspectos únicos de um movimento social e político originário do Brasil. Muitas das conclusões alcançadas nesses trabalhos ignoraram uma pergunta singular, realizada pela Cartilha Integralista publicada na década 1930, a saber: "Qual e o principio fundamental do Integralismo?"

Talvez a dificuldade em ter acesso ao documento dificulte as pesquisas sobre o tema, diversas perguntas encontradas na Cartilha Integralista são surpreendentes e atemporais, podendo ser aplicadas ainda hoje nos problemas do nosso país. A questão ética tem forte presença, demonstrando que a revolução interior e fator embrionário para uma mudança no comportamento político de nossa nação.


Acima imagem da página 01 da Cartilha Integralista publicada na década de 1930, com a pergunta: "Qual e o principio fundamental do Integralismo?" (Fonte: APERJ).


 Acima imagem capa da rara Cartilha Integralista publicada na década de 1930 (Fonte: APERJ).



quarta-feira, 9 de agosto de 2017

"Debate: Marighella e o combate ao Integralismo na Bahia"


Acima imagem de divulgação do filme e debate sobre Carlos Marighella (Fonte: Facebook).

No dia 10 de agosto de 2017, às 19:00 horas, no Teatro Odylo Costa Filho, terá inicio a exibição do filme sobre um dos principais militantes da esquerda brasileira Carlos Marighella, com debate sobre a obra biográfica de autoria do escritor Mário Magalhães, intitulada "Marighella - o guerrilheiro que incendiou o mundo", publicado em 2013, pela Editora Companhia das Letras.

O livro de autoria do escritor Mário Magalhães em suas páginas aborda o combate ao Integralismo na Bahia, sendo uma ótima oportunidade para debater sobre o confronto entre o movimento defendido por Marighella, durante sua juventude, e o Sigma. Outro fato curioso e pouco abordado e a prisão de Marighella na colônia penal de Fernando de Noronha, local onde se encontravam militantes de ambos os lados, pouco abordado na obra biográfica. 

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

"Plínio Salgado presidente! O voto verde em Curitiba e a numismática na estratégia eleitoral"

Informo aos leitores do blog Populista que no mês de julho de 2017 ocorreu a publicação do Boletim n°70 da Sociedade Numismática Paranaense - SNP. Nesta edição está presente em suas páginas artigo inédito de minha autoria, escrito em conjunto com o Prof. Edgar B. F. Serrato, intitulado "Plínio Salgado presidente! O voto verde em Curitiba e a numismática na estratégia eleitoral".

O trabalho publicado no prestigiado boletim do mundo da Numismática brasileira faz parte de uma extensa pesquisa sobre o tema na esfera Integralista, abordando aspectos únicos do movimento político esquecido pela maiores dos pesquisadores que se debruçam sobre a temática. Os interessados sobre esse assunto podem encontrar artigos já publicados anteriormente nos boletins da entidade. 

 

Acima imagem da capa do Boletim n° 70 da Sociedade Numismática Paranaense. 

Acima imagem da primeira página do artigo "Plínio Salgado presidente! O voto verde em Curitiba e a numismática na estratégia eleitoral". o Boletim n° 70 da Sociedade Numismática Paranaense.  


Para maiores informações, acesse: http://www.snp.org.br/

terça-feira, 1 de agosto de 2017

"O Plebiscito Integralista para sucessão de Vargas à Presidência da República"

Um dos muitos capítulos desconhecidos da história da Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) se refere ao plebiscito realizado com o objetivo de escolher o candidato do Sigma para as eleições presidenciais de 1938. Para a disputa, qualquer camisa-verde poderia concorrer, sendo realizado o pleito em todo o país com a participação de aproximadamente 850.000 mil brasileiros, segundo dados oficiais do movimento. 

Recentemente tive acesso a um curioso documento produzido pela "Junta Executiva do Empréstimo do Sigma - JEES", com dados sobre o plebiscito, respondendo pelo órgão os diretores, Alfredo Luiz Greve (Chefe), Armando Simões de Castro (Diretor), Orozimbo Octavio Roxo Loureiro (Diretor), Renato Rocha Miranda (Conselheiro Fiscal), Marcos de Souza Dantas (Conselheiro Fiscal) e Vicente Meggiolaro (Conselheiro Fiscal), trata-se de números de votos e os candidatos indicados pelos eleitores.


Acima imagem do documento abordando o Plebiscito Integralista realizado pela Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) Fonte: (Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro). 


Acima resultado do Plebiscito Integralista realizado pela Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) Fonte: (Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro). 

terça-feira, 25 de julho de 2017

"Aberta as inscrições para XII Semana de História Política da UERJ"


Acima imagem de divulgação da abertura de inscrições para os Simpósios Temáticos e Iniciações Científicas durante a  XII Semana de História Política (Fonte: Facebook).

Conforme amplamente divulgado nas redes sociais já estão abertas as inscrições para a "XII Semana de História Política", que será realizada nos dia 02 a 06 de outubro de 2017, com o título "Conflitos e Resistências: entre práticas, expectativas e rupturas". O evento será realizado nas dependências da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ, campus Maracanã, Rio de Janeiro - RJ. 

Em 2014 participei da "IX Semana de História Política", com a apresentação do trabalho "Memórias de Família: A História de Militância da Família Integralista Vasconcellos", sendo posteriormente publicado o trabalho em outras publicações. Este ano pretendo publicar artigo sobre o nefando Tribunal de Segurança Nacional - TSN, em breve maiores informações.

Acima resumo sobre o trabalho apresentado  IX Semana de História Política, em 2014, com o título
"Memórias de Família: A História de Militância da Família Integralista Vasconcellos".
Para outras informações, acesse: http://semanahistoriauerj.net/

segunda-feira, 24 de julho de 2017

"Gustavo Barroso homenageado pelo Museu Histórico Nacional"



Acima imagem do fundador e diretor do Museu Histórico Nacional Gustavo Barroso presente no muro externo da instituição (Fonte: Acervo Sergio Vasconcellos).

Nos últimos dias foi enviado para o blog Populista uma curiosa homenagem realizada pelo Museu Histórico Nacional, localizado no Estado do Rio de Janeiro, ao seu fundador, o membro da Academia Brasileira de Letras o escritor Gustavo Barroso. Trata-se de uma arte urbana retratando o saudoso escritor, fundador e diretor do aparelho cultural, homenageado em outras oportunidades, como o pátio localizado no interior do museu. 
Resultado de imagem para busto gustavo barroso 

Acima imagem do busto retratando Gustavo Barroso presente no interior do Museu Histórico Nacional (Fonte: Google). 

Com o fim do Estado Novo (1937-1945) Gustavo Barroso participou das discussões embrionárias para formação do Partido de Representação Popular - PRP (1945-1965), entretanto preferiu se afastar das questões políticas se dedicando aos trabalhos de preservação da memória histórica nacional, não se candidatando a nenhum cargo eletivo pela legenda. 

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Lançamento da 2° Edição do Livro Entre Tipos e Recortes: Histórias da Imprensa Integralista"


Acima imagem do eBook "Entre Tipos e Recortes: Histórias da Imprensa Integralista", organizado pelos Profs. Leandro Pereira Gonçalves e Renata Duarte Simões, editora EDIPUCRS, 2° Edição, ano 2017 (Fonte: Amazon).

Já esta disponível para compra a versão digital do livro "Entre Tipos e Recortes: Histórias da Imprensa Integralista", organizado pelos Profs. Leandro Pereira Gonçalves e Renata Duarte Simões, editora EDIPUCRS, 2° Edição, ano 2017, trata-se de uma importante obra com diversos artigos sobre a história do movimento Integralista, em especial sua imprensa. 

Entre os inúmeros artigos presentes na obra gostaria de indicar o trabalho produzido pela Profa. Virgínia Mancilha intitulado "Nas páginas da imprensa feminina: uma análise da revista Brasil Feminino e da participação feminina no movimento do Sigma (1932-1937)", importante artigo sobre uma aspecto pouco abordado sobre Integralismo.

Para comprar o livro, acesse: 
https://www.amazon.com.br/dp/B073WFMQYV/ref=cm_sw_r_fa_dp_t2_6j5zzbT0229Q0

segunda-feira, 17 de julho de 2017

"Site de leilões no Rio de Janeiro disponibiliza peças Integralistas"

O site de leilões Harpya Colecionáveis e antiguidades disponibiliza durante o 27° Leilão de Colecionismo Caminho das Letras, que irá ocorrer no dia 25,26 e 27 de julho de 20017, às 19h30, em Niterói - RJ, diversas peças pertencentes a história da Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937), como, por exemplo, publicações e broches, se destacando o utilizado pela juventude Integralista, também conhecida como Plinianos. 

O leiloeiro já e nacionalmente conhecido pela presença de peças militares em seus leilões, entretanto nos últimos anos também vem se destacando ao apresentar para público especializado peças de diversos períodos do movimento Integralista. Os interessados em visitar a exposição dos artigos presentes no leilão poderão ir até o dia 24 de julho de 2017, das 10h às 16h, na Rua Nilo Peçanha, n°99, sala 503, Ingá, Niterói - RJ. 

Para maiores informações, acesse: http://www.harpyaleiloes.com.br 


Acima imagem do Código de Ética do Estudante, disponível no 27° Leilão de Colecionismo Caminho das Letras, que irá ocorrer no dia 25,26 e 27 de julho de 20017, às 19h30, localizado na Rua Nilo Peçanha, n°99, sala 503, Ingá, Niterói - RJ (Fonte: Harpya Leilões).

terça-feira, 11 de julho de 2017

Os Integralistas presos pela Delegacia de Ordem Política e Social do Estado do Paraná

A Delegacia de Ordem Política e Social do Estado do Paraná (DOPS/PR) funcionou como órgão estatal voltado para vigilância e repressão da sociedade brasileira entre as décadas de 1930 e 1980. Durante a década 1930 a Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) sofreu todo tipo de monitoramento, sendo possível encontrar relatórios, ofícios internos e externos, informes e protocolos sobre o movimento político e seus integrantes. 

No Arquivo Público do Paraná é possível encontrar diversas fichas de Integralistas que foram monitorados e em muitos casos presos pela polícia política de Vargas. Um dos inúmeros exemplos e do camisa-verde Herbert Gonçalves, residente de Londrina - PR, acusado de ser "elemento de ligação entre os integralistas do Estado", conforme pode ser observado na imagem.


Acima imagem da primeira página do prontuário policial produzido pela Delegacia de Ordem Política e Social do Paraná (Fonte: Arquivo Público do Paraná)

 
Segunda página do prontuário policial produzido pela Delegacia de Ordem Política e Social do Paraná, nesta é possível observar o motivo da prisão do camisa-verde (Fonte: Arquivo Público do Paraná)

sexta-feira, 30 de junho de 2017

"O Cruzeiro do Sul e a simbologia na Acção Integralista Brasileira"

Nos últimos dias através WhatsApp recebei alguns questionamentos se o Cruzeiro do Sul fazia parte da simbologia Integralista, ocorre que a Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) incorporou inúmeros ícones nacionais para representar não só o movimento político mais sua presença em nível nacional, portanto o Cruzeiro do Sul, ou até mesmo a bandeira nacional, foram um dos inúmeros símbolos utilizados. 

Em uma pesquisa nos Protocolos e Rituais da Acção Integralista Brasileira é possível encontrar referência ao Cruzeiro do Sul no distintivo usado pelo Plinianos, se não vejamos: "Art. 21 - Os Plinianos terão distinctivos especiaes, approvados na S.N. A. F. P. Págrafo único: Os Grupos de Plinianos usarão uma bandeira-disctinctivo - Bandeira Pliniana, - de 0,70 x 0,50 e constituida de um rectangulo azul, tendo ao centro um circulo branco de 0.30 de diametro, com uma cercadura preta, e o Sigma com cinco estrellas azues representando o Cruzeiro do Sul". 


Acima imagem do broche Integralista utilizado pelos Plinianos criado pela Acção Integralista Brasileira (Fonte: MPMilitaria).


 Acima imagem de parte dos Protocolos e Rituais editado pela Acção Integralista Brasileira, edição do Núcleo Municipal de Niterói, ano 1937.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

"Associação dos Servidores do Arquivo Nacional divulga manifesto contra fechamento da entidade"

O Arquivo Nacional, localizado no Estado do Rio de Janeiro, possui um dos maiores acervos públicos sobre o Integralismo brasileiro. Em seus arquivos é possível encontrar inúmeros processos judiciais julgados pelo nefando Tribunal de Segurança Nacional - TSN, que condenou diversos camisas-verdes durante sua existência. 

Nos últimos anos o Arquivo Nacional tem sofrido considerável corte de orçamento, acarretando em desmonte precarização do serviço prestado pela instituição, além do aparelhamento político da entidade que contribui para sua desvirtuação. Sensível sobre o problema a Associação dos Servidores do Arquivo Nacional lançou uma campanha em defesa do Arquivo Nacional com o objetivo de chamar a atenção para os problemas apontados. 


Acima imagem do manifesto em defesa do Arquivo Nacional produzido pela Associação dos Servidores do Arquivo Nacional, divulgado em junho de 2017 (Fonte: Facebook). 

segunda-feira, 19 de junho de 2017

"Lançamento do livro: Lendas do Natal Brasileiro: Vovô Índio e Pai João"

Através do Blog Populista gostaria de indicar a leitura do livro "Lendas do Natal Brasileiro: Vovô Índio e Pai João", publicado, em 2017, pela editora Agbook. Trata-se de uma obra que conta com diversos trabalhos de minha autoria e do escritor Rod Tigre sobre o curioso personagem Vovô Índio e Pai João, trazendo informações sobre o selvícola que movimentou as rodas literárias dos anos 1930 e 1950 pelo país. 

Segundo a introdução o da obra: "(...) Pensando na obra "Lendas do Natal brasileiro: Vovô Índio e Pai João", cuja a obra transmite pesquisas pioneiras sobre uma lenda de natal, criado através de uma perspectiva nacional, encantando o leitor com uma história desconhecida, oportuna por se tratar de um personagem destoante do presente na cultura mundial, com sua simplicidade em um mundo materialista(...)." 


Acima imagem da capa do livro "Lendas do Natal Brasileiro: Vovô Índio e Pai João", publicado, em 2017, pela editora Agbook (Fonte: Facebook). 

Os interessados em adquirir a obra, podem encontrar através do endereço:
https://agbook.com.br/book/236138--Lendas_do_Natal_Brasileiro_Vovo_Indio_e_Pai_Joao

terça-feira, 13 de junho de 2017

"Documentário: Anauê! O Integralismo e o Nazismo na região de Blumenau"


Acima trailer ofícial do documentário "Anauê! O Integralismo e o Nazismo na região de Blumenau", dirigido pelo Diretor Zeca Pires (Fonte: YouTube). 

No dia 20 de junho de 2017 irá estrear o documentário "Anauê! O Integralismo e o Nazismo na região de Blumenau",  no Auditório Garapuvu do Centro Cultural e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina, com entrada gratuita, às 21:00 horas, durante o 21 Florianópolis Audiovisual Mercosul - FAM. 

Segundo a Sinopse: "Com depoimentos de acadêmicos e descendentes de alemães da região de Blumenau, o documentário revisita o que aconteceu no período da Segunda Guerra Mundial àquela sociedade: o envolvimento ideológico com o nazismo e integralismo: as informações que tinham sobre o holocausto; como foi tratada esta sociedade pela "nacionalização" e a relação que havia entre alemães e brasileiros natos".  

Infelizmente ainda não tive oportunidade de assistir o documentário, apenas assisti o trailer disponível no YouTube, entretanto observando o material já disponível na internet observa-se que o autor confunde ambos os movimentos políticos, na própria sinopse é possível encontrar o fato, indicando assuntos alienígenas ao Integralismo, como, por exemplo, o holocausto.



Acima convite para estreia do documentária "Anauê! O Integralismo e o Nazismo na região de Blumenau", no dia 20 de junho, às 21:00 horas, no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (Fonte: Facebook). 

sexta-feira, 9 de junho de 2017

"Debate: Fascismo no Brasil uma possibilidade?"

No dia 22 de junho de 2017, às 14:00 horas, no prédio 43322, Campus do Vale, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, irá ocorrer durante o Ciclo de Conferências Estudos Avançados em Ciências e Humanas - 9° Edição, debate intitulado "Fascismo no Brasil: uma possibilidade?", com a presença dos professores Helgio Trindade, Leandro Pereira Gonçalves e Henrique Nardi. 

Recentemente o Prof. Helgio Trindade esteve presente no Rio de Janeiro, durante evento de lançamento do seu novo livro sobre Integralismo brasileiro, participando inclusive de um debate sobre a obra, proporcionando o enriquecimento dos presentes sobre aspectos curiosos da sua pesquisa que culminaram em uma das obras mais famosas sobre a temática. 


Acima imagem de divulgação do evento "Fascismo no Brasil: uma possibilidade?", que será realizado  no dia 22 de junho, às 14:00 horas, no auditório Centro (Fonte: Facebook).

segunda-feira, 5 de junho de 2017

"Debate: Direita, Direitas: Integralismo e Catolicismo no Brasil dos anos 1930"

Amanhã, dia 06 de junho de 2017, às 20:00 horas, no Gabinete de Leitura de Rio Claro, localizado na Av. 04, n°427, Centro, Rio Claro - SP, o Arquivo Público e Histórico de Rio Claro promove o evento "Direita, Direitas: Integralismo e Catolicismo no Brasil dos anos 1930", com a presença do Historiador e Mestre em História pela UNICAMP Prof. Thiago da Costa Amado, com entrada gratuita e emissão de certificado de participação.

Segundo o evento: "Neste Bate-papo Cultural, falaremos sobre as relações entre a AIB, a Igreja Católica e os leigos no Brasil dos anos 1930. Discutiremos interações entre catolicismo e integralismo, considerando suas similitudes ideológicas e as estratégias de ambos nas disputas políticas", sendo uma ótima oportunidade para os curiosos e pesquisadores do tema trocares experiências e informações sobre pesquisas.  

Para maiores informações, envie e-mail: arquivo@aphrioclaro.sp.gov.br. 


Acima imagem de divulgação do evento "Direita, Direitas: Integralismo e Catolicismo no Brasil dos anos 1930", promovido pelo Arquivo Público e Histórico de Rio Claro (Fonte: Facebook).

segunda-feira, 29 de maio de 2017

"Divulgando o Sigma pelo Brasil seguindo o Manual Integralista"

A Secretaria Nacional de Propaganda da Ação Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) editou inúmeros opúsculos com o objetivo de instruir os camisas-verdes sobre diversos temas, dentre eles a forma de realizar propaganda durante a campanha eleitora. Chamado de "Meios de Propaganda para a Campanha Eleitoral - Indicações às secretarias de propaganda, proivinciaes, municipaes e districtaes", possui curiosas indicações sobre como o militante deveria atuar para divulgar o Integralismo. 

Infelizmente esse e outros opúsculos são raros devido sua fragilidade e qualidade do papel, entretanto este exemplar pode ser encontrado nos Arquivos Públicos pelo país. Entre as curiosidades na publicação encontra-se "Pinturas de Sigmas ou Phrases de Propaganda", segundo o texto: "E uma propaganda muito bôa, bastante usada pelos nucleos integralistas, mas deve ser ainda mais intensificada. Em todos os lugares visiveis das cidades, estradas, montanhas, nos muros, pedras, troncos de arvores, marcos kilometricos, pedreiras etc., deve-se pintar qualquer propaganda integralist. Isso faz com que o Integralismo seja sempre lembrado, dando, ao mesmo tempo, uma demonstração de sua vitalidade. Não deverá ser usado "pixe", preferindo-se a tinta branca. Não se deve, tambem, fazer essa propaganda nos monumentos, edificios publicos, casas residenciaes, emfim, em todos os lorares onde impressione mal pela quebra de esthetica."


Acima imagem parcial do opúsculo "Meios de Propaganda para a Campanha Eleitoral - Indicações às secretarias de propaganda, proivinciaes, municipaes e districtaes", publicado pela Secretaria Nacional de Propaganda da Ação Integralista Brasileira - AIB (1932-1937), página 20.

terça-feira, 23 de maio de 2017

"Ligações entre Plínio Salgado e a Embaixada Italiana"

Relações financeiras entre a Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) e o Governo Italiano foram constantemente motivo de denúncias pelos inimigos do Sigma, criando uma nuvem de mentiras e calúnias sobre fatos destoantes com a realidade que ainda hoje causam repercussão.  No ano de 1946 os ataques se intensificaram no jornal O Globo, com uma série de reportagens sobre o tema, com a tentativa de colocar o Partido de Representação Popular - PRP (1945-1965) na ilegalidade, conforme aconteceu com o Partido Comunista Brasileiro - PCB no período.

Neste blog já publiquei inúmeros textos sobre o tema, infelizmente os trabalhos acadêmicos sobre o assunto não trazem as provas produzidas pelos Integralistas que demonstram as mentiras perpetuadas pela mídia. Abaixo os leitores poderão encontrar uma declaração pública, registra em cartório, do Sr. Nunzio Greco envolvido nas denúncias do jornal O Globo, na seção ineditorial do jornal A Noite, intitulada "O Jornalista Italiano Nunzio Greco, em escritura pública, denuncia a falsidade das afirmações do "O Globo" sobre pretensas ligações entre o Senhor Plínio Salgado e a Embaixada italiana".


Acima seção ineditorial intitulada "O Jornalista Italiano Nunzio Greco, em escritura pública, denuncia a falsidade das afirmações do "O Globo" sobre pretensas ligações entre o Senhor Plínio Salgado e a Embaixada italiana", publicada no jornal A Noite, página 03, 31 de maio de 1946.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

"Parte 2: Integralismo é tema de debate na Fundação Getúlio Vargas - FGV"

Ontem, dia 11 de maio de 2017, ocorreu na Fundação Getúlio Vargas - FGV/CPDOC, localizada na Praia de Botafogo, n°190, 10° andar, sala 2013, Rio de Janeiro - RJ, debate sobre o Integralismo brasileiro com a Prof. Lucia Lippi Oliveira e o Prof. Hélgio Trindade, autor do celebrado livro "A tentação fascista no Brasil", publicado pela editora UFRGS. 

Como costume estive presente no evento, aproveitando a oportunidade para tirar dúvidas sobre o processo de entrevista que culminou com a publicação, além é claro de perguntar sobre as prisões ocorridas durante o Estado Novo (1937-1945) e os processos no Tribunal de Segurança Nacional - TSN que julgaram aproximadamente 1.000 camisas-verdes, matéria para futuros trabalhos que estão sendo construidos. 


Acima imagem do Prof. Hélgio Trindade durante o debate e apresentação do livro ocorido na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro - RJ. 

quarta-feira, 10 de maio de 2017

"Integralismo é tema de debate na Fundação Getúlio Vargas - FGV"


Acima, imagem de divulgação do debate sobre o livro "A tentação fascista no Brasil", de autoria do Prof. Hélgio Trindade (Fonte: Facebook). 

Amanhã, dia 11 de maio de 2017, às 17:00 horas, na Fundação Getúlio Vargas - FGV/CPDOC, localizada na Praia de Botafogo, n°190, 10° andar, sala 1013, Rio de Janeiro - RJ, irá ocorreu debate com a Profa. Lucia Lippi Oliveira, com a presença ilustre do Prof. Hélgio Trindade,  sobre o Integralismo brasileiro, em especial a obra de autoria de Trindade intitulada "A tentação fascista no Brasil", publicada pela editora UFRGS. 

Essa é um a excelente oportunidade para os pesquisadores e curiosos sobre o tema tirarem dúvidas com um dos principais pesquisadores no país sobre a história do Integralismo brasileiro, além de ser possível adquirir a obra autografada pelo autor após o debate. Como de costume, estarei presente no evento, apresentando algumas conclusões sobre pesquisas realizadas referente ao Integralismo no Tribunal de Segurança Nacional - TSN.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

"Parte 2: O 11 de maio de 1938: fatos e lendas sobre Revolução Integralista"

O Arquivo Público e Histórico de Rio Claro, localizado no interior do Estado de São Paulo, possivelmente é um dos detentores dos maiores acervos públicos no país, referente ao Integralismo brasileiro denominado Fundo Plínio Salgado, sua importância já foi tema de inúmeras postagens no blog Populista, sendo recomendado que todos os pesquisadores e curiosos sobre a temática visitem o local devido aos incontáveis materiais disponíveis ao público. 

Hoje gostaria de divulgar um documento presente no fundo Plínio Salgado, com a referência FPS 051.021.001, trata-se de uma lista de mártires Integralistas da Revolução de Maio de 1938, entre a relação de mortos, o último parágrafo chama a atenção com a frase "Morto por 'suicido"na prisão, nesta Capital, em 16-5-38: Manoel Gomes Vidal". Segundo o escritor Sergio Vasconcellos: "Minha mãe sempre lembrava desse Companheiro, que ela conhecia pessoalmente, e cuja morte chocou muito, pois ele era daquelas pessoas boníssimas incapazades de fazer mal a uma mosca. 

Infelizmente, não foi possível encontrar mais nenhuma informação sobre o camisa-verde Manoel Gomes Vidal, entretanto, as masmorras do Estado Novo (1937-1945) foram denunciadas ao longo dos anos , com diversos trabalhos sobre o tema, em especial, gostaria de indicar o livro de David Nasser, intitulado "Falta Alguém em Nuremberg", obra prima sobre o período responsável em relatar inúmeras atrocidades praticadas pelo regime autoritário de Vargas.


Acima imagem do documento intitulado "Mártires da Revolução de Maio de 1938 (Fonte: Arquivo Público e Histórico de Rio Claro).

sexta-feira, 5 de maio de 2017

"O 11 de maio de 1938: fatos e lendas sobre Revolução Integralista"

O mês de maio é marcado no blog Populista por uma série de textos sobre o fatídico dia que levou a óbito diversos revolucionários durante a aventura revolucionaria no 11 de maio de 1938. Infelizmente poucos artigos e publicações se dedicaram sobre o tema, permanecendo diversos mistérios sobre as ações que culminaram na intensa perseguição aos camisas-verdes após a data, segundo os números oficiais mais de 1.500 Integralistas foram julgados pelo Tribunal de Segurança Nacional - TSN, com aproximadamente 700 condenações. 

Ao longo dos anos de existência deste blog já divulguei inúmeros textos sobre o tema, trazendo fatos pouco conhecidos do período, como, por exemplo, os heróis esquecidos que participaram da revolução Integralista do 11 de maio de 1938 ou a construção do Mausoléu Integralista, localizado no Estado do Rio de Janeiro. 

Hoje, gostaria de falar um pouco sobre a intensa discussão na mídia sobre a possibilidade da aplicação da pena de morte contra os revolucionários. Sabe-se que os opositores do Sigma promoveram uma intensa campanha na tentativa do Decreto Lei que emendou o artigo 122, n°13 da Constituição Federal de 1937 fosse aplicado contra os camisas-verdes, campanha esta que não logrou  sucesso, sendo grande parte dos revoltosos condenados a penas que variavam entre 1 a 10 anos de prisão pelo Tribunal de Segurança Nacional - TSN. 



Acima imagem parcial da reportagem "A Pena de Morte não será aplicada aos responsáveis pelo golpe subversivo", publicada no jornal Correio Paulistano, n°25.210, p.01 (Fonte: Biblioteca Nacional).


Acima imagem parcial da reportagem "Sou favoravel á pena de morte", publicada no jornal O Imparcial, n°908, p.02 (Fonte: Biblioteca Nacional).

Sobre o levante de 11 de maio de 1938, acesse:

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2016/05/levante-integralista-os-personagens.html

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2016/05/parte-2-levante-integralista-os.html

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2016/05/parte-3-levante-integralista-os.html

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2014/04/homenagem-aos-martires-integralistas.html

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2015/05/homenagem-aos-martires-integralistas-de.html

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2015/05/homenagem-aos-martires-integralistas-de.html

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2014/05/homenagem-aos-76-anos-dos-herois.html

domingo, 30 de abril de 2017

"Livro: História de um Integralista Gonçalense"

Gostaria de indicar aos amigos leitores do blog Populista a compra do desconhecido livro sobre um Integralista intitulado "História de um Integralista Gonçalense", escrito pelo Prof. Marcos Vinícios Macedo Varella, publicado em 2007, sobre a trajetória do camisa-verde Dr. Arcy Lopes Estrella nas fileiras do Sigma.

Em suas noventa e seis páginas é possível conhecer um pouco sobre a vida e obra do Dr. Arcy Lopes Estrella em diferentes fases, como, por exemplo, durante sua militância social e política na Acção Integralista Brasileira - AIB ou na União Operaria Camponesa do Brasil - UOCP, além de informações sobre o Centro Cultural Plínio Salgado - CCPS, localizado em São Gonçalo - RJ. 


Acima imagem da capa do livro História de um Integralista Gonçalense", s/d, escrito pelo Prof. Marcos Vinícios Macedo Varella, ano 2007.

sexta-feira, 28 de abril de 2017

"Lançamento do livro Brasil e América Latina na II Guerra"

Gostaria de informar aos leitores do blog Populista o lançamento do livro "Brasil e América Latina na II Guerra", pela editora CRV, organizado pelo Prof. Everaldo de Oliveira Andrade (FFLCH-USP), com lançamento previsto em 05/05/17, no Departamento de História da Universidade de São Paulo - USP, às 17: 30 horas. 

A publicação em suas páginas aborda diversos aspectos repressivos do governo Vargas, com textos de diferentes autores, dentre eles, o trabalho realizado pelo pesquisador Renato Dotta, membro do Grupo de Estudos sobre Integralismo - GEINT, sobre as investigados do DOPS a Plínio Salgado durante seu exílio em Portugal. 

Para adquirir o livro, acesse: https://www.editoracrv.com.br/produtos/detalhes/32169-brasil-e-america-latina-na-segunda-guerra-mundial


Acima imagem do livro "Brasil e América Latina na II Guerra", pela editora CRV, organizado pelo Prof. Everaldo de Oliveira Andrade (FFLCH-USP).

quarta-feira, 26 de abril de 2017

"Juracy Magalhães e o Integralismo na Bahia"

O Interventor do Estado da Bahia Juracy Magalhães (1901-2001), nos anos 1930, perpetuou uma intensa campanha de perseguição aos camisas-verdes da região, promovendo inúmeras prisões arbitrárias contra os Integralistas, com denúncias de violência, em especial, aos estudantes Integralistas da Faculdade de Medicina da Bahia, importante polo difusor do Sigma no Estado.

Diversos jornais do período relatam as perseguições contra os Integralistas realizas pelo interventor, que culminaram em um processo no Tribunal de Segurança Nacional - TSN, sendo julgado a prisão de vinte e dois camisas-verdes pelo governo, com sentença favorável pela soltura. Importante observar que  Juracy Magalhães não apenas perseguido os Integralistas do Estado, mais também proibiu a realização de comícios e a utilização do uniforme da Acção Integralista Brasileira no Estado.


Acima imagem do jornal A Razão, número 249, publicado em 23 de março de 1937 com a matéria intitulada "Vibrante Homenagens Prestadas Pelos Integralistas de Fortaleza aos Camisas-Verdes da Baía" (Fonte: Biblioteca Nacional). 

terça-feira, 18 de abril de 2017

"Homenagem Integralista no interior do Ceará"

A Escola da rede municipal Francisco Saboia Barbosa, localizada na Rua Duque de Caxias, n° 1990, centro, Aracati - CE, atualmente com aproximadamente 312 alunos, é uma das inúmeras escolas pelo país que homenageiam antigos militantes da Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937), infelizmente esta homenagem é desconhecida pelos próprios alunos e professores. 

O jornal A Razão n°248, do dia 21 de março de 1937, aborda um pouco sobre o homenageado. Segundo a publicação: "FRANCISCO SABOIA BARBOSA. Transcorreu hoje o aniversario natalicio do nosso distinto e prezado companheiro, Francisco Saboia Barbosa, industrial progressita, chefe Municiapl do Integralismo em Aracati, Inspetor Regional e membro do Concelho Estadual da AIB. O Cavalheiro altamente relacionado nos nossos circulos sociais é o aniversariante de hoje, figura de grande projeção no alto comercio desta praça, bem como nas hostes do Sigma, do qual é um forte e sincero batalhador. A "A Razão" que tem no industrial aracatiense um bom amigo, sente-se bem em expressar-lhe nestas linhas, os seus parabens muito efusivos. "

O objetivo deste blog é justamente trazer informações desconhecidas sobre o movimento Integralista e de antigos membros, que em muitos casos os seus biógrafos se esforçam em ocultar a participação no Integralismo, realizando um desserviço à memória política nacional, sendo fundamental trazer informações e dados ocultados anteriormente. 

Acima imagem do O jornal A Razão n°248, do dia 21 de março de 1937, sobre o camisa-verde Francisco Saboia Barbosa (Fonte: Biblioteca Nacional).

quinta-feira, 13 de abril de 2017

"Plínio Salgado crítica o Nazismo e seu criador no jornal A Notícia"

Ao longo dos anos diversos pesquisadores pelo país se debruçaram sobre supostas ligações entre o Integralismo brasileiro e o Nazismo alemão, produzindo diversos livros, artigos e teses  ligando as duas doutrinas, sendo na maioria das vezes, o movimento do Sigma renegado a um papel de mimetismo tupiniquim, desconsiderando sua originalidade e importância na política nacional durante a década de 1930. 

Curiosamente as diversas críticas publicadas pelas vogais do Integralismo sobre doutrinas alienígenas, como o nazismo e fascismo, são esquecidas, em muitos casos pelo próprio desconhecimento do pesquisador sobre as publicações do gênero. O jornal A Notícia, de 27 de fevereiro de 1936, em sua primeira página aborda uma curiosa crítica sobre o caráter "pagão" do nazismo, infelizmente esse texto não é encontrado nos trabalhos quando se aborda a temática, conforme pode-se ver abaixo:

"O Sr. Plínio Salgado affirma "que o governo hitlerista, esta", sem duvida nenhuma infringindo as mais sagradas leis naturaes e humanas em torno do "Fuehrer", friza o Sr. Plínio Salgado - Longe de se encontrar o ambiente religioso, encontra-se o ambiente de um nacionalismo pagão, o clima das ressureições o lympicas de juliano, o apostata". No's Integralistas, que somos coisa absolutamente differente do Nazismo e do Fascismo, não nos cansamos de dizer que o nosso funamento, e´o fundamento christão, repetimos mil vezes que jamais caminharemos num rumo pagão". Os altivos e briosos descendentes da grande e nome nação allemã meditem serenamente sobre as palavras do Sr. Plínio Salgado e tirarão a conclusão logica e irretarquivel que integralismo não e "Nazismo". Ycentralisando a figura extraordinaria de Adolpho Hitler, o Chefe Integralista affirma que o mesmo "esta" infringindo as mais "sagradas leis naturais e humanas". 


Acima imagem parcial do Jornal A Notícia,  de 27 de fevereiro de 1936, página 01, com o título "O Sr. Plínio Salgado, chefe Integralista, fere com ferro em braza o Sr. Adolpho Hitler" (Fonte: Biblioteca Nacional).

Sobre o tema, acesse: http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2013/01/espioes-ingleses-produzem-carta-ligando.html 

sexta-feira, 7 de abril de 2017

"Os Integralistas no Centenário de Carlos Gomes"

No dia 11 de julho de 1936 foram realizados em todo o país cerimônias de comemoração do centenário do compositor e maestro Antônio Carlos Gomes pela Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937), em especial, na  cidade Campinas, localizada no interior São Paulo - SP, sua cidade natal, com a presença de diversas vogais do movimento.

A sessão solene cívica e cultural realizada na Rua Alberto Ferraz, tendo a frente o Presidente do Núcleo de Campinas Prof. Benedito Ortiz, que pronunciou discurso de abertura das comemorações, sendo no final realizado a chamada ritual de Carlos Gomes, a qual todos os integralistas presentes responderam: presente, demonstrando que para os Integralistas os heróis nacional estão sempre vivos no coração de um camisa verde.  

Acima registro fotográfico publicado no jornal A Offensiva, 19 de julho de 1936, durante as comemorações do centenário de Carlos Gomes (Fonte: Biblioteca Nacional).

Nota publicada no jornal A Razão, 24 de julho de 1936, sobre as comemorações realizadas em Campinas - SP sobre o centenário de Carlos Gomes (Fonte: Biblioteca Nacional).