segunda-feira, 19 de junho de 2017

"Lançamento do livro: Lendas do Natal Brasileiro: Vovô Índio e Pai João"

Através do Blog Populista gostaria de indicar a leitura do livro "Lendas do Natal Brasileiro: Vovô Índio e Pai João", publicado, em 2017, pela editora Agbook. Trata-se de uma obra que conta com diversos trabalhos de minha autoria e do escritor Rod Tigre sobre o curioso personagem Vovô Índio e Pai João, trazendo informações sobre o selvícola que movimentou as rodas literárias dos anos 1930 e 1950 pelo país. 

Segundo a introdução o da obra: "(...) Pensando na obra "Lendas do Natal brasileiro: Vovô Índio e Pai João", cuja a obra transmite pesquisas pioneiras sobre uma lenda de natal, criado através de uma perspectiva nacional, encantando o leitor com uma história desconhecida, oportuna por se tratar de um personagem destoante do presente na cultura mundial, com sua simplicidade em um mundo materialista(...)." 


Acima imagem da capa do livro "Lendas do Natal Brasileiro: Vovô Índio e Pai João", publicado, em 2017, pela editora Agbook (Fonte: Facebook). 

Os interessados em adquirir a obra, podem encontrar através do endereço:
https://agbook.com.br/book/236138--Lendas_do_Natal_Brasileiro_Vovo_Indio_e_Pai_Joao

terça-feira, 13 de junho de 2017

"Documentário: Anauê! O Integralismo e o Nazismo na região de Blumenau"


Acima trailer ofícial do documentário "Anauê! O Integralismo e o Nazismo na região de Blumenau", dirigido pelo Diretor Zeca Pires (Fonte: YouTube). 

No dia 20 de junho de 2017 irá estrear o documentário "Anauê! O Integralismo e o Nazismo na região de Blumenau",  no Auditório Garapuvu do Centro Cultural e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina, com entrada gratuita, às 21:00 horas, durante o 21 Florianópolis Audiovisual Mercosul - FAM. 

Segundo a Sinopse: "Com depoimentos de acadêmicos e descendentes de alemães da região de Blumenau, o documentário revisita o que aconteceu no período da Segunda Guerra Mundial àquela sociedade: o envolvimento ideológico com o nazismo e integralismo: as informações que tinham sobre o holocausto; como foi tratada esta sociedade pela "nacionalização" e a relação que havia entre alemães e brasileiros natos".  

Infelizmente ainda não tive oportunidade de assistir o documentário, apenas assisti o trailer disponível no YouTube, entretanto observando o material já disponível na internet observa-se que o autor confunde ambos os movimentos políticos, na própria sinopse é possível encontrar o fato, indicando assuntos alienígenas ao Integralismo, como, por exemplo, o holocausto.



Acima convite para estreia do documentária "Anauê! O Integralismo e o Nazismo na região de Blumenau", no dia 20 de junho, às 21:00 horas, no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (Fonte: Facebook). 

sexta-feira, 9 de junho de 2017

"Debate: Fascismo no Brasil uma possibilidade?"

No dia 22 de junho de 2017, às 14:00 horas, no prédio 43322, Campus do Vale, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, irá ocorrer durante o Ciclo de Conferências Estudos Avançados em Ciências e Humanas - 9° Edição, debate intitulado "Fascismo no Brasil: uma possibilidade?", com a presença dos professores Helgio Trindade, Leandro Pereira Gonçalves e Henrique Nardi. 

Recentemente o Prof. Helgio Trindade esteve presente no Rio de Janeiro, durante evento de lançamento do seu novo livro sobre Integralismo brasileiro, participando inclusive de um debate sobre a obra, proporcionando o enriquecimento dos presentes sobre aspectos curiosos da sua pesquisa que culminaram em uma das obras mais famosas sobre a temática. 


Acima imagem de divulgação do evento "Fascismo no Brasil: uma possibilidade?", que será realizado  no dia 22 de junho, às 14:00 horas, no auditório Centro (Fonte: Facebook).

segunda-feira, 5 de junho de 2017

"Debate: Direita, Direitas: Integralismo e Catolicismo no Brasil dos anos 1930"

Amanhã, dia 06 de junho de 2017, às 20:00 horas, no Gabinete de Leitura de Rio Claro, localizado na Av. 04, n°427, Centro, Rio Claro - SP, o Arquivo Público e Histórico de Rio Claro promove o evento "Direita, Direitas: Integralismo e Catolicismo no Brasil dos anos 1930", com a presença do Historiador e Mestre em História pela UNICAMP Prof. Thiago da Costa Amado, com entrada gratuita e emissão de certificado de participação.

Segundo o evento: "Neste Bate-papo Cultural, falaremos sobre as relações entre a AIB, a Igreja Católica e os leigos no Brasil dos anos 1930. Discutiremos interações entre catolicismo e integralismo, considerando suas similitudes ideológicas e as estratégias de ambos nas disputas políticas", sendo uma ótima oportunidade para os curiosos e pesquisadores do tema trocares experiências e informações sobre pesquisas.  

Para maiores informações, envie e-mail: arquivo@aphrioclaro.sp.gov.br. 


Acima imagem de divulgação do evento "Direita, Direitas: Integralismo e Catolicismo no Brasil dos anos 1930", promovido pelo Arquivo Público e Histórico de Rio Claro (Fonte: Facebook).

segunda-feira, 29 de maio de 2017

"Divulgando o Sigma pelo Brasil seguindo o Manual Integralista"

A Secretaria Nacional de Propaganda da Ação Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) editou inúmeros opúsculos com o objetivo de instruir os camisas-verdes sobre diversos temas, dentre eles a forma de realizar propaganda durante a campanha eleitora. Chamado de "Meios de Propaganda para a Campanha Eleitoral - Indicações às secretarias de propaganda, proivinciaes, municipaes e districtaes", possui curiosas indicações sobre como o militante deveria atuar para divulgar o Integralismo. 

Infelizmente esse e outros opúsculos são raros devido sua fragilidade e qualidade do papel, entretanto este exemplar pode ser encontrado nos Arquivos Públicos pelo país. Entre as curiosidades na publicação encontra-se "Pinturas de Sigmas ou Phrases de Propaganda", segundo o texto: "E uma propaganda muito bôa, bastante usada pelos nucleos integralistas, mas deve ser ainda mais intensificada. Em todos os lugares visiveis das cidades, estradas, montanhas, nos muros, pedras, troncos de arvores, marcos kilometricos, pedreiras etc., deve-se pintar qualquer propaganda integralist. Isso faz com que o Integralismo seja sempre lembrado, dando, ao mesmo tempo, uma demonstração de sua vitalidade. Não deverá ser usado "pixe", preferindo-se a tinta branca. Não se deve, tambem, fazer essa propaganda nos monumentos, edificios publicos, casas residenciaes, emfim, em todos os lorares onde impressione mal pela quebra de esthetica."


Acima imagem parcial do opúsculo "Meios de Propaganda para a Campanha Eleitoral - Indicações às secretarias de propaganda, proivinciaes, municipaes e districtaes", publicado pela Secretaria Nacional de Propaganda da Ação Integralista Brasileira - AIB (1932-1937), página 20.

terça-feira, 23 de maio de 2017

"Ligações entre Plínio Salgado e a Embaixada Italiana"

Relações financeiras entre a Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) e o Governo Italiano foram constantemente motivo de denúncias pelos inimigos do Sigma, criando uma nuvem de mentiras e calúnias sobre fatos destoantes com a realidade que ainda hoje causam repercussão.  No ano de 1946 os ataques se intensificaram no jornal O Globo, com uma série de reportagens sobre o tema, com a tentativa de colocar o Partido de Representação Popular - PRP (1945-1965) na ilegalidade, conforme aconteceu com o Partido Comunista Brasileiro - PCB no período.

Neste blog já publiquei inúmeros textos sobre o tema, infelizmente os trabalhos acadêmicos sobre o assunto não trazem as provas produzidas pelos Integralistas que demonstram as mentiras perpetuadas pela mídia. Abaixo os leitores poderão encontrar uma declaração pública, registra em cartório, do Sr. Nunzio Greco envolvido nas denúncias do jornal O Globo, na seção ineditorial do jornal A Noite, intitulada "O Jornalista Italiano Nunzio Greco, em escritura pública, denuncia a falsidade das afirmações do "O Globo" sobre pretensas ligações entre o Senhor Plínio Salgado e a Embaixada italiana".


Acima seção ineditorial intitulada "O Jornalista Italiano Nunzio Greco, em escritura pública, denuncia a falsidade das afirmações do "O Globo" sobre pretensas ligações entre o Senhor Plínio Salgado e a Embaixada italiana", publicada no jornal A Noite, página 03, 31 de maio de 1946.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

"Parte 2: Integralismo é tema de debate na Fundação Getúlio Vargas - FGV"

Ontem, dia 11 de maio de 2017, ocorreu na Fundação Getúlio Vargas - FGV/CPDOC, localizada na Praia de Botafogo, n°190, 10° andar, sala 2013, Rio de Janeiro - RJ, debate sobre o Integralismo brasileiro com a Prof. Lucia Lippi Oliveira e o Prof. Hélgio Trindade, autor do celebrado livro "A tentação fascista no Brasil", publicado pela editora UFRGS. 

Como costume estive presente no evento, aproveitando a oportunidade para tirar dúvidas sobre o processo de entrevista que culminou com a publicação, além é claro de perguntar sobre as prisões ocorridas durante o Estado Novo (1937-1945) e os processos no Tribunal de Segurança Nacional - TSN que julgaram aproximadamente 1.000 camisas-verdes, matéria para futuros trabalhos que estão sendo construidos. 


Acima imagem do Prof. Hélgio Trindade durante o debate e apresentação do livro ocorido na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro - RJ. 

quarta-feira, 10 de maio de 2017

"Integralismo é tema de debate na Fundação Getúlio Vargas - FGV"


Acima, imagem de divulgação do debate sobre o livro "A tentação fascista no Brasil", de autoria do Prof. Hélgio Trindade (Fonte: Facebook). 

Amanhã, dia 11 de maio de 2017, às 17:00 horas, na Fundação Getúlio Vargas - FGV/CPDOC, localizada na Praia de Botafogo, n°190, 10° andar, sala 1013, Rio de Janeiro - RJ, irá ocorreu debate com a Profa. Lucia Lippi Oliveira, com a presença ilustre do Prof. Hélgio Trindade,  sobre o Integralismo brasileiro, em especial a obra de autoria de Trindade intitulada "A tentação fascista no Brasil", publicada pela editora UFRGS. 

Essa é um a excelente oportunidade para os pesquisadores e curiosos sobre o tema tirarem dúvidas com um dos principais pesquisadores no país sobre a história do Integralismo brasileiro, além de ser possível adquirir a obra autografada pelo autor após o debate. Como de costume, estarei presente no evento, apresentando algumas conclusões sobre pesquisas realizadas referente ao Integralismo no Tribunal de Segurança Nacional - TSN.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

"Parte 2: O 11 de maio de 1938: fatos e lendas sobre Revolução Integralista"

O Arquivo Público e Histórico de Rio Claro, localizado no interior do Estado de São Paulo, possivelmente é um dos detentores dos maiores acervos públicos no país, referente ao Integralismo brasileiro denominado Fundo Plínio Salgado, sua importância já foi tema de inúmeras postagens no blog Populista, sendo recomendado que todos os pesquisadores e curiosos sobre a temática visitem o local devido aos incontáveis materiais disponíveis ao público. 

Hoje gostaria de divulgar um documento presente no fundo Plínio Salgado, com a referência FPS 051.021.001, trata-se de uma lista de mártires Integralistas da Revolução de Maio de 1938, entre a relação de mortos, o último parágrafo chama a atenção com a frase "Morto por 'suicido"na prisão, nesta Capital, em 16-5-38: Manoel Gomes Vidal". Segundo o escritor Sergio Vasconcellos: "Minha mãe sempre lembrava desse Companheiro, que ela conhecia pessoalmente, e cuja morte chocou muito, pois ele era daquelas pessoas boníssimas incapazades de fazer mal a uma mosca. 

Infelizmente, não foi possível encontrar mais nenhuma informação sobre o camisa-verde Manoel Gomes Vidal, entretanto, as masmorras do Estado Novo (1937-1945) foram denunciadas ao longo dos anos , com diversos trabalhos sobre o tema, em especial, gostaria de indicar o livro de David Nasser, intitulado "Falta Alguém em Nuremberg", obra prima sobre o período responsável em relatar inúmeras atrocidades praticadas pelo regime autoritário de Vargas.


Acima imagem do documento intitulado "Mártires da Revolução de Maio de 1938 (Fonte: Arquivo Público e Histórico de Rio Claro).

sexta-feira, 5 de maio de 2017

"O 11 de maio de 1938: fatos e lendas sobre Revolução Integralista"

O mês de maio é marcado no blog Populista por uma série de textos sobre o fatídico dia que levou a óbito diversos revolucionários durante a aventura revolucionaria no 11 de maio de 1938. Infelizmente poucos artigos e publicações se dedicaram sobre o tema, permanecendo diversos mistérios sobre as ações que culminaram na intensa perseguição aos camisas-verdes após a data, segundo os números oficiais mais de 1.500 Integralistas foram julgados pelo Tribunal de Segurança Nacional - TSN, com aproximadamente 700 condenações. 

Ao longo dos anos de existência deste blog já divulguei inúmeros textos sobre o tema, trazendo fatos pouco conhecidos do período, como, por exemplo, os heróis esquecidos que participaram da revolução Integralista do 11 de maio de 1938 ou a construção do Mausoléu Integralista, localizado no Estado do Rio de Janeiro. 

Hoje, gostaria de falar um pouco sobre a intensa discussão na mídia sobre a possibilidade da aplicação da pena de morte contra os revolucionários. Sabe-se que os opositores do Sigma promoveram uma intensa campanha na tentativa do Decreto Lei que emendou o artigo 122, n°13 da Constituição Federal de 1937 fosse aplicado contra os camisas-verdes, campanha esta que não logrou  sucesso, sendo grande parte dos revoltosos condenados a penas que variavam entre 1 a 10 anos de prisão pelo Tribunal de Segurança Nacional - TSN. 



Acima imagem parcial da reportagem "A Pena de Morte não será aplicada aos responsáveis pelo golpe subversivo", publicada no jornal Correio Paulistano, n°25.210, p.01 (Fonte: Biblioteca Nacional).


Acima imagem parcial da reportagem "Sou favoravel á pena de morte", publicada no jornal O Imparcial, n°908, p.02 (Fonte: Biblioteca Nacional).

Sobre o levante de 11 de maio de 1938, acesse:

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2016/05/levante-integralista-os-personagens.html

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2016/05/parte-2-levante-integralista-os.html

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2016/05/parte-3-levante-integralista-os.html

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2014/04/homenagem-aos-martires-integralistas.html

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2015/05/homenagem-aos-martires-integralistas-de.html

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2015/05/homenagem-aos-martires-integralistas-de.html

http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2014/05/homenagem-aos-76-anos-dos-herois.html

domingo, 30 de abril de 2017

"Livro: História de um Integralista Gonçalense"

Gostaria de indicar aos amigos leitores do blog Populista a compra do desconhecido livro sobre um Integralista intitulado "História de um Integralista Gonçalense", escrito pelo Prof. Marcos Vinícios Macedo Varella, publicado em 2007, sobre a trajetória do camisa-verde Dr. Arcy Lopes Estrella nas fileiras do Sigma.

Em suas noventa e seis páginas é possível conhecer um pouco sobre a vida e obra do Dr. Arcy Lopes Estrella em diferentes fases, como, por exemplo, durante sua militância social e política na Acção Integralista Brasileira - AIB ou na União Operaria Camponesa do Brasil - UOCP, além de informações sobre o Centro Cultural Plínio Salgado - CCPS, localizado em São Gonçalo - RJ. 


Acima imagem da capa do livro História de um Integralista Gonçalense", s/d, escrito pelo Prof. Marcos Vinícios Macedo Varella, ano 2007.

sexta-feira, 28 de abril de 2017

"Lançamento do livro Brasil e América Latina na II Guerra"

Gostaria de informar aos leitores do blog Populista o lançamento do livro "Brasil e América Latina na II Guerra", pela editora CRV, organizado pelo Prof. Everaldo de Oliveira Andrade (FFLCH-USP), com lançamento previsto em 05/05/17, no Departamento de História da Universidade de São Paulo - USP, às 17: 30 horas. 

A publicação em suas páginas aborda diversos aspectos repressivos do governo Vargas, com textos de diferentes autores, dentre eles, o trabalho realizado pelo pesquisador Renato Dotta, membro do Grupo de Estudos sobre Integralismo - GEINT, sobre as investigados do DOPS a Plínio Salgado durante seu exílio em Portugal. 

Para adquirir o livro, acesse: https://www.editoracrv.com.br/produtos/detalhes/32169-brasil-e-america-latina-na-segunda-guerra-mundial


Acima imagem do livro "Brasil e América Latina na II Guerra", pela editora CRV, organizado pelo Prof. Everaldo de Oliveira Andrade (FFLCH-USP).

quarta-feira, 26 de abril de 2017

"Juracy Magalhães e o Integralismo na Bahia"

O Interventor do Estado da Bahia Juracy Magalhães (1901-2001), nos anos 1930, perpetuou uma intensa campanha de perseguição aos camisas-verdes da região, promovendo inúmeras prisões arbitrárias contra os Integralistas, com denúncias de violência, em especial, aos estudantes Integralistas da Faculdade de Medicina da Bahia, importante polo difusor do Sigma no Estado.

Diversos jornais do período relatam as perseguições contra os Integralistas realizas pelo interventor, que culminaram em um processo no Tribunal de Segurança Nacional - TSN, sendo julgado a prisão de vinte e dois camisas-verdes pelo governo, com sentença favorável pela soltura. Importante observar que  Juracy Magalhães não apenas perseguido os Integralistas do Estado, mais também proibiu a realização de comícios e a utilização do uniforme da Acção Integralista Brasileira no Estado.


Acima imagem do jornal A Razão, número 249, publicado em 23 de março de 1937 com a matéria intitulada "Vibrante Homenagens Prestadas Pelos Integralistas de Fortaleza aos Camisas-Verdes da Baía" (Fonte: Biblioteca Nacional). 

terça-feira, 18 de abril de 2017

"Homenagem Integralista no interior do Ceará"

A Escola da rede municipal Francisco Saboia Barbosa, localizada na Rua Duque de Caxias, n° 1990, centro, Aracati - CE, atualmente com aproximadamente 312 alunos, é uma das inúmeras escolas pelo país que homenageiam antigos militantes da Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937), infelizmente esta homenagem é desconhecida pelos próprios alunos e professores. 

O jornal A Razão n°248, do dia 21 de março de 1937, aborda um pouco sobre o homenageado. Segundo a publicação: "FRANCISCO SABOIA BARBOSA. Transcorreu hoje o aniversario natalicio do nosso distinto e prezado companheiro, Francisco Saboia Barbosa, industrial progressita, chefe Municiapl do Integralismo em Aracati, Inspetor Regional e membro do Concelho Estadual da AIB. O Cavalheiro altamente relacionado nos nossos circulos sociais é o aniversariante de hoje, figura de grande projeção no alto comercio desta praça, bem como nas hostes do Sigma, do qual é um forte e sincero batalhador. A "A Razão" que tem no industrial aracatiense um bom amigo, sente-se bem em expressar-lhe nestas linhas, os seus parabens muito efusivos. "

O objetivo deste blog é justamente trazer informações desconhecidas sobre o movimento Integralista e de antigos membros, que em muitos casos os seus biógrafos se esforçam em ocultar a participação no Integralismo, realizando um desserviço à memória política nacional, sendo fundamental trazer informações e dados ocultados anteriormente. 

Acima imagem do O jornal A Razão n°248, do dia 21 de março de 1937, sobre o camisa-verde Francisco Saboia Barbosa (Fonte: Biblioteca Nacional).

quinta-feira, 13 de abril de 2017

"Plínio Salgado crítica o Nazismo e seu criador no jornal A Notícia"

Ao longo dos anos diversos pesquisadores pelo país se debruçaram sobre supostas ligações entre o Integralismo brasileiro e o Nazismo alemão, produzindo diversos livros, artigos e teses  ligando as duas doutrinas, sendo na maioria das vezes, o movimento do Sigma renegado a um papel de mimetismo tupiniquim, desconsiderando sua originalidade e importância na política nacional durante a década de 1930. 

Curiosamente as diversas críticas publicadas pelas vogais do Integralismo sobre doutrinas alienígenas, como o nazismo e fascismo, são esquecidas, em muitos casos pelo próprio desconhecimento do pesquisador sobre as publicações do gênero. O jornal A Notícia, de 27 de fevereiro de 1936, em sua primeira página aborda uma curiosa crítica sobre o caráter "pagão" do nazismo, infelizmente esse texto não é encontrado nos trabalhos quando se aborda a temática, conforme pode-se ver abaixo:

"O Sr. Plínio Salgado affirma "que o governo hitlerista, esta", sem duvida nenhuma infringindo as mais sagradas leis naturaes e humanas em torno do "Fuehrer", friza o Sr. Plínio Salgado - Longe de se encontrar o ambiente religioso, encontra-se o ambiente de um nacionalismo pagão, o clima das ressureições o lympicas de juliano, o apostata". No's Integralistas, que somos coisa absolutamente differente do Nazismo e do Fascismo, não nos cansamos de dizer que o nosso funamento, e´o fundamento christão, repetimos mil vezes que jamais caminharemos num rumo pagão". Os altivos e briosos descendentes da grande e nome nação allemã meditem serenamente sobre as palavras do Sr. Plínio Salgado e tirarão a conclusão logica e irretarquivel que integralismo não e "Nazismo". Ycentralisando a figura extraordinaria de Adolpho Hitler, o Chefe Integralista affirma que o mesmo "esta" infringindo as mais "sagradas leis naturais e humanas". 


Acima imagem parcial do Jornal A Notícia,  de 27 de fevereiro de 1936, página 01, com o título "O Sr. Plínio Salgado, chefe Integralista, fere com ferro em braza o Sr. Adolpho Hitler" (Fonte: Biblioteca Nacional).

Sobre o tema, acesse: http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2013/01/espioes-ingleses-produzem-carta-ligando.html 

sexta-feira, 7 de abril de 2017

"Os Integralistas no Centenário de Carlos Gomes"

No dia 11 de julho de 1936 foram realizados em todo o país cerimônias de comemoração do centenário do compositor e maestro Antônio Carlos Gomes pela Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937), em especial, na  cidade Campinas, localizada no interior São Paulo - SP, sua cidade natal, com a presença de diversas vogais do movimento.

A sessão solene cívica e cultural realizada na Rua Alberto Ferraz, tendo a frente o Presidente do Núcleo de Campinas Prof. Benedito Ortiz, que pronunciou discurso de abertura das comemorações, sendo no final realizado a chamada ritual de Carlos Gomes, a qual todos os integralistas presentes responderam: presente, demonstrando que para os Integralistas os heróis nacional estão sempre vivos no coração de um camisa verde.  

Acima registro fotográfico publicado no jornal A Offensiva, 19 de julho de 1936, durante as comemorações do centenário de Carlos Gomes (Fonte: Biblioteca Nacional).

Nota publicada no jornal A Razão, 24 de julho de 1936, sobre as comemorações realizadas em Campinas - SP sobre o centenário de Carlos Gomes (Fonte: Biblioteca Nacional).

sexta-feira, 31 de março de 2017

"Cartazes de Plínio Salgado para Presidente da República"

Nos últimos dias estava procurando algumas informações em meus arquivos pessoais, sobre as eleições presidenciais de 1955, e encontrei dois interessantes cartazes produzidos pelo Partido de Representação Popular - PRP (1945-1965) para campanha do líder Integralista Plínio Salgado para Presidência da República. 

Trata-se de duas imagens com a face de Plínio Salgado, com as frases "Nas trevas da confusão a luz de uma esperança! Para Presidente da República Plínio Salgado" e "Está na hora de mudar! Para Presidente da República Plínio Salgado". Infelizmente, não é possível saber o número de tirarem das duas peças publicitárias, entretanto, em fotos da época e comum encontrar os cartazes sendo amplamente utilizados pelo comitê da campanha. 


Imagem do cartaz produzido pelo Partido de Representação Popular - PRP durante campanha presidencial de 1955, com a frase: "Nas trevas da confusão a luz de uma esperança! Para Presidente da República Plínio Salgado".


Acima imagem do cartaz produzido pelo Partido de Representação Popular - PRP durante campanha presidencial de 1955, com a frase:  "Está na hora de mudar! Para Presidente da República Plínio Salgado".

terça-feira, 28 de março de 2017

"Exposição Cem Anos de Luz del Fuego no Espírito Santo"

No dia 31 de março de 2017 irá encerrar à exposição  intitulada "Cem anos Luz",  em homenagem ao centenário da artista capixaba Luz del Fuego, localizada na Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim, aberto para visitas de 12:00 horas às 18:00 horas, com fotografias, documentos sobre a vida da pioneira do naturismo do Brasil. 

Durante  história Luz del Fuego protagonizou inúmeros momentos polêmicos, dentre eles, durante uma apresentação no Estado do Rio de Janeiro, que motivou o líder Integralista Plínio Salgado a escrever o livro "A Mulher Nua", atacando o espirito burgues reinante da época e sendo duramente criticado pelos seus opositores durante as eleições presidenciais de 1955 devido ao trabalho. 

Para maiores informações sobre a exposição, acesse: 

http://gshow.globo.com/TV-Gazeta-ES/Em-Movimento/noticia/2017/03/conheca-luz-del-fuego-precursora-do-naturismo-no-brasil.html

segunda-feira, 27 de março de 2017

"Lançamento do Dossiê temático Modelos autoritários e totalitários do século XX"


Capa do dossiê temático "Modelos Autoritários e Totalitários do Século XX" (Fonte: Facebook).

Informo aos leitores do blog Populista que já esta disponível para download "Modelos Autoritários e Totalitários do Século XX", volume 07, n°02, ano 2016,  com editorial do pesquisador Prof. Rodrigo Santos de Oliveira, publicação semestral da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - FURG. 

Uma das mais antigas publicações científicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, traz em suas páginas dois importantes trabalhos, são eles: "O Discurso Autoritário no Brasil: Uma Breve Análise do Manifesto de Instauração do Estado Novo", de autoria do Prof. Francisco das Neves Alves e "O Jornal a Razão: O Ventre fecundo que criou o modelo de Totalitarismo Integralista", autor Prof. Rodrigo Santos de Oliveira.

Os interessados em conhecer o trabalho, acesse: https://www.seer.furg.br/hist/index

sexta-feira, 24 de março de 2017

"Aberto as inscrições para o II Seminário do GT de História Política em Passo Fundo - RS"


Acima imagem de divulgação do II Seminário do Grupo de Trabalho de História Política (Fonte: Facebook). 

Gostaria de aproveitar o espaço que o blog Populista proporciona para informar aos leitores sobre a abertura das inscrições para o II Seminário do Grupo de Trabalho de História Política, que será realizado na Universidade de Passo Fundo - RS, entre os dias 26 a 28 de abril de 2017. 

Nos últimos anos tenho participado de diversos eventos acadêmicos apresentando trabalhos sobre a história do movimento Integralista brasileiro, sendo uma oportunidade ímpar para conhecer diversos pesquisadores que se debruçam sobre o mesmo tema, além de trocar materiais que influenciam em futuros estudos.

Para maiores informações, acesse:  http://www.upf.br/agenda

quarta-feira, 22 de março de 2017

"Parte 2: Acervo Integralista no interior do Estado de São Paulo"

Os acervos privados e públicos pelo país sobre o movimento Integralista despertam o interesse de um número substancial de pessoas, interessadas em conhecer um pouco mais da história do Sigma. Devido a última postagens, recebi alguns e-mails de leitores interessados em saber se tive a oportunidade de realizar outros registros fotográficos do acervo presente em Campinas - SP. 

Informo aos frequentadores do blog Populista que infelizmente o pouco tempo que estive presente não foi possível realizar vários registros fotográficos, entretanto, devido a raridade do exemplar, não pude deixar de fotografar a edição de n° 337 do Pasquim, no qual faz uma sátira sobre o falecimento do líder Integralista Plínio Salgado.


Acima imagem da capa do jornal Pasquim, n°337, sobre o velório do líder Integralista Plínio Salgado (Fonte: Acervo Cássio Guilherme).



Acima charge presente no jornal Pasquim, n°337, sobre o velório do líder Integralista Plínio Salgado (Fonte: Acervo Cássio Guilherme).

Para maiores informações, acesse: http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2017/03/acervo-integralista-no-interior-do.html

terça-feira, 21 de março de 2017

"Acervo Integralista no interior do Estado de São Paulo"

Nas últimas semanas estive no interior do Estado de São Paulo visitando o acervo do pesquisador Cássio Guilherme, para minha surpresa o imponente acervo contem diversos itens raros sobre a trajetória do movimento Integralista brasileiro, dentre eles, documentos, fotos, jornais e livros disponíveis ao público interessado em conhecer a história do Sigma.  

Infelizmente, o curto tempo da visita não foi possível realizar uma análise do material disponível, entretanto, alguns itens chamam atenção, como, por exemplo, os polêmicos livros do camisa-verde Tenório de Albuquerque ou alguns opúsculos do período da Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) extremamente raros devido a qualidade do papel e o baixo número de tiragem. 


Acima imagem do Manifesto de Outubro de 1932, editado pela Província do Distrito Federal da Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) (Fonte: Acervo Cássio Guilherme). 


Imagem do Regulamento de Conduta do Camisa Verde, editado pela Província de São Paulo da Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) (Fonte: Acervo Cássio Guilherme). 


Imagem do opúsculo doutrinário intitulado "O Integralismo em Poucas Palavras",  editado pela Província de Fortaleza da Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) (Fonte: Acervo Cássio Guilherme). 

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

"Lançamento do livro Fascismo e Antifascismo Italianos"

Gostaria de aproveitar a oportunidade para indicar a compra do livro "Fascismo e Fascismo Italianos", de autoria do professor João Fábio Bertonha, publicada pela Editora da Universidade de Caxias do Sul - EDUCS, ano 2017. Segundo a sinopse da obra: "O objeto deste livro é introduzir o leitor às novas perspectivas e aos caminhos de estudo traçados atualmente pela historiografia mundial, relacionada ao regime de Mussolini. Reúne artigos relacionados à problemática do fascismo e do antifascismo italianos e dos seus desdobramentos pelo mundo, com ênfase no continente latino-americano e, especialmente, no Brasil".

Para os pesquisadores sobre a doutrina do Sigma o livro aborda em suas páginas "o pensamento corporativo em Miguel Reale: leituras do fascismo italiano no Integralismo brasileiro", um dos principais líderes dos camisas-verdes, responsável em colaborar na construção da doutrina Integralista, com outras vogais do movimento, contribuindo o trabalho com as pesquisas sobre a temática.


Acima imagem do livro "Fascismo e Antifascismo Italiano", publicado pela editora EDUCS, de autoria do Prof. João Fabio Bertonha (Fonte: Facebook).

Para adquirir a obra, acesse: 
https://www.ucs.br/site/editora/catalogo/historia-e-imigracao/fascismo-e-antifascismo-italianos-ensaios/

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

"Oswaldo Tagliavini e a história do Integralismo no interior de São Paulo"



Registro fotográfico do casamento de Oswaldo e Deolinda. Ao lado da noiva estão Maria e Brasiliano Silveira Leite. Ao lado do noivo Plínio Salgado e sua esposa Carmela Patti Salgado (Fonte: Livro Oswaldo um Católico Integralista).

Gostaria de aproveitar a oportunidade do feriado de carnaval para indicar a leitura de dois livros sobre a história de um personagem ímpar do Integralismo brasileiro, trata-se do veterano Integralista Oswaldo Tagliavini. Natural de Matão - SP, nasceu em 24 de outubro de 1918, ingressando na Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) aos 15 anos, exercendo os cargos de Secretário Municipal de Finanças, Secretário Municipal de Propaganda e Chefe do Departamento Infanto-Juvenil, presenciando momentos importantes da história do Integralismo

Sobre sua biografia emblemática foram produzidos dois importantes livros intitulados "Oswaldo um Católico Integralista", autores João Virgílio Tagliavini e Jeferson Rodrigo Tagliavini Savignado, e "O Integralismo na cidade de Matão", de autoria do Prof. Marcus Ferreira. Atualmente é possível encontrar ambas as obras na Internet, em especial no endereço eletrônico estante virtual. Sobre sua trajetória publiquei artigos de sua autoria sobre a história do integralismo, servindo de fonte o artigos e os livros supracitados para compreender o movimento do Sigma. 


Imagem da capa do livro "Oswaldo um Católico Integralista", autores João Virgílio Tagliavini e Jeferson Rodrigo Tagliavini Savignado, ano 2005.


Acima imagem da capa do livro "O Integralismo na cidade de Matão", autor Marcus Ferreira, ano 2006.

Sobre o artigo de Oswaldo Tagliavini abordando o "Golpe contra o Estado Novo no Município de Dobrada - SP", acesse:

www.historia-do-prp.blogspot.com.br/2013/04/integralistas-conspiradores-tentam.html
www.historia-do-prp.blogspot.com.br/2013/04/ii-parte-integralistas-conspiradores.html

domingo, 26 de fevereiro de 2017

"Exibição do documentário Menino 23 em Brasília - DF"

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil irá exibir no dia 13 de março de 2017, no edifício sede, localizado na SAUS quadra 05, bloco M, lote 1, sala 01, Asa Sul, o documentário "Menino 23 - Infâncias Perdidas no Brasil", com a direção de Belisário Franca e produção da produtora Giros. Após a exibição do filme ocorrerá um debate com o Presidente da Comissão Nacional da Verdade e da Escravidão Negra no Brasil do Conselho Federal na OAB Dr. Humberto Adami, os participantes receberão certificados de 04 horas de atividades complementares. 

A exibição do filme pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil é uma excelente oportunidade para os interessados sobre o tema terem a oportunidade de assistir um documentário que dificilmente estará disponível na rede aberta de televisão, por exemplo. Segundo a sinopse: "A partir da descoberta de tijolos marcados com suástica nazista em uma fazenda no interior de São Paulo, o filme acompanha a investigação do historiador Sidney Aguiar e a descoberta de um fato assustador: durante os anos 1930, cinquenta meninos negros foram levados de um orfanato no Rio de Janeiro para a fazenda onde os tijolos foram encontrados". 


Acima imagem de divulgação do documentário "Menino 23 - Infancias perdidas no Brasil, produzido pela Giros (Fonte: OAB/DF).

Para maiores informações, acesse:
http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2016/05/pre-lancamento-do-filme-menino-23.html

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

"Lançamento do livro: Histórias da política autoritária: Integralismo, Nacional-sindicalismo, Nazismo e Fascismo"

Já esta disponível pela Editora Edipucrs a 2° edição da obra "Histórias da política autoritária: Integralismo, Nacional-sindicalismo, Nazismo e Fascismo", pertencente a série "Mundo Contemporâneo". Segundo o prefácio: "Este livro apresente estudos feitos por pesquisadores de procedências variadas e se destaca pela diversidade das abordagens sobre política autoritária. Entre diversos outros temas, tenta responder, por exemplo, as seguintes questões: porque na Alemanha e na Itália se impuseram regimes fascistas? Que influência exerceram sobre países da América Latina?". 

Organizado pelos pesquisadores Gilselda Brito, Leandro Pereira Gonçalves e Mauricio Parada, com apresentação de René Gertz e Prefácio de João Fábio Bertonha, o livro possui diversos capítulos que servem de fontes para pesquisas variadas sobre o tema.. Sua versão online já está disponível no site Amazon, tornando a obra de fácil acesso e baixo custo.

Para adquirir a obra, acesse: https://www.amazon.com.br/ebook/dp/B01N7TIHU5


Acima imagem da capa do livro  "Histórias da política autoritária: Integralismo, Nacional-sindicalismo, Nazismo e Fascismo", editora Edipucrs,  2° edição, ano 2017 (Fonte: Facebook). 

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

"Aristides Largura e a Acção Integralista Brasileira"

Em diversas regiões pelo país a Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) durante sua existência elegeu vereadores, prefeitos e deputados. Infelizmente, em alguns casos, os biógrafos destas personagens tentam de alguma forma apagar, ou diminuir a importância em suas trajetórias, da passagem dos ilustres políticos nas fileiras do Sigma.

Em Joinville - SC a Acção Integralista Brasileira elegeu o Prefeito Aristides Largura (1936-1938). Segundo o jornal A Notícia, publicado em 14 de abril de 2005: "Morreu no início da madrugada de terça-feira, em Curitiba, Aristides Largura, 98 anos, vítima de falência múltipla de órgãos. Filho de imigrantes italianos, era natural de São Bernardo, atual Rio dos Cedros (SC). Foi chefe do Executivo entre 1936 e 1938 e deputado federal entre 1946 e 1950 pelo Partido Integralista. O ex-prefeito é saudado pelos livros de história como o primeiro a calçar com paralelepípedos uma rua de Joinville".  

 Acima decreto publicado pela Prefeitura Municipal de Joinville - SC sobre o falecimento e homenagem do ex-prefeito Aristides Largura Fonte: Prefeitura Municipal de Joinville).

Curiosamente o luto oficial de três dias decretado pela Prefeitura de Joinville ignorou o fato do homenageado ter sido eleito pela movimento Integralista, algo comum em homenagens do gênero com outros ilustres camisas-verdes. Com o objetivo de não restar dúvidas sobre sua passagem no movimento Integralista disponibilizamos sua fotografia,  publicada em 11 de abril de 1936, no jornal Jaraguá, sobre as eleições municipais da região.


Acima imagem publicada no jornal Jaraguá, em 11 de abril de 1936, com destaque para a fotografia do Prefeito eleito de Joinville Aristides Largura (Fonte: Arquivo Histórico Municipal Eugênio Victor Schmockel - SC).

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Nota de falecimento: Ricardo Benzaquen de Araújo

Através do blog Populista gostaria de informar aos leitores o falecimento do professor, historiador e antropólogo Ricardo Benzaquen de Araújo, ocorrida no último dia 1° de fevereiro de 2017. Uma das grades referências na área da teoria de história no Rio de Janeiro, com diversas obras publicadas responsáveis disponíveis na internet, integrou o Conselho Editorial da Revista de História, defendendo sempre o diálogo interdisciplinar em alto nível.

Para os pesquisadores do Integralismo brasileiro, o falecimento do professor representa uma grande perda, seu trabalho intitulado "Totalitarismo e Revolução: O Integralismo de Plínio Salgado", publicado em 1988 pela editora Zahar, representa uma das grandes obra sobre a temática, indispensável para o estudo sobre a história do sigma. 



Acima imagem de Ricardo Benzaquen de Araújo, durante a Feira Literária de Paraty  - FLIP (Fonte: Biblioteca Nacional).

Para maiores informações sobre o Professor Ricardo Benzaquen de Araújo, acesse:
https://www.bn.gov.br/acontece/noticias/2017/02/nota-falecimento-ricardo-benzaquen-araujo

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

"Café História indica dez obras sobre o Integralismo Brasileiro"

Com o título "Dez obras fundamentais para compreender melhor o Integralismo", a rede social Café História inovou divulgando uma lista, criada pelo Professor do Departamento de História da Universidade Federal do Rio Grande (FURG) Odilon Caldeira Neto, sobre o Integralismo brasileiro para os pesquisadores e curiosos que se debruçam sobre o tema. 

Segundo o autor: "(...)  estudar o Integralismo é não apenas tentar compreender os caminhos de suas diversas organizações políticas, mas discutir também as tentativas de reconstruir a identidade nacional e, além disso, propor ou impor um modelo autoritário para a sociedade brasileira". Na lista estão presentes importantes obras, entretanto em uma lista de apenas dez títulos ficaram faltando inúmeros outros trabalhos importantes que não devem ser ignorados. Nas próximas postagens irei divulgar uma sugestão de títulos nos moldes realizado pela rede social. 


Acima imagem parcial da publicação realizada pelo Café História sobre a lista das principais obras sobre Integralismo brasileiro (Fonte: Café História). 

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

"A Biblioteca de Plínio Salgado no Arquivo Público e Histórico de Rio Claro"

Gostaria de compartilhar com os colaboradores e leitores do blog Populista o meu último artigo publicado na Revista do Arquivo Público e Histórico de Rio Claro, n°18, de outubro de 2016, com o título "A Biblioteca de Plínio Salgado o Arquivo Público e Histórico de Rio Claro Oscar de Arruda Penteado".

Através do artigo busquei trazer ao leitor informações importantes sobre a história da Biblioteca de Plínio Salgado, além da sua formação. Com algumas imagens de exemplares disponíveis na autarquia, é possível compreender a importância em resguardar o acervo para as futuras gerais que poderão se debruçar sobre a vida e obra de Plínio Salgado.


Acima imagem da primeira parte do artigo "A Biblioteca de Plínio Salgado o Arquivo Público e Histórico de Rio Claro Oscar de Arruda Penteado", publicado na Revista do Arquivo, n°18, outubro de 2016.


 Acima imagem da segunda parte do artigo "A Biblioteca de Plínio Salgado o Arquivo Público e Histórico de Rio Claro Oscar de Arruda Penteado", publicado na Revista do Arquivo, n°18, outubro de 2016. 


Acima imagem da terceira parte do artigo "A Biblioteca de Plínio Salgado o Arquivo Público e Histórico de Rio Claro Oscar de Arruda Penteado", publicado na Revista do Arquivo, n°18, outubro de 2016. 

Acima imagem da ultima parte do artigo "A Biblioteca de Plínio Salgado o Arquivo Público e Histórico de Rio Claro Oscar de Arruda Penteado", publicado na Revista do Arquivo, n°18, outubro de 2016.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

"XXIX Simpósio Nacional de História na Universidade de Brasília"



Acima imagem de divulgação do XXIX Simpósio Nacional de História (Fonte: ANPUH).

Nos dias 24 a 28 de julho de 2017 será realizado o Simpósio Temático "Direitas, História e Memória", durante o XXIX Simpósio Nacional de História na Universidade de Brasília - DF, coordenado pelos Profs. Janaína Cordeiro e Odilon Caldeira Neto, com inscrições abertas até dia 06 de março de 2017. 

Segundo o resumo do Simpósio Temático: "(...) visa reunir pesquisadores em torno do estudo das Direitas enquanto objeto de reflexão historiográfica e categoria analítica. Partindo das reminiscências da Revolução Francesa como estruturante de ampliação da cidadania para todos os indivíduos (temas da igualdade), da definição dos limites dos direitos individuais e coletivos (tema da liberdade) e da posição em relação à sociedade capitalista dividem os indivíduos, as ideologias e os grupos políticos desde então, sendo amplamente aceito como marco fundador da dicotomia esquerda/direita (...)."

Para maiores informações, acesse: http://www.snh2017.anpuh.org

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

"Plínio Salgado e suas armas contra os inimigos do Integralismo"

"Como o Chefe dos 'Camisas-Verdes' se arma para os grandes combater. Porque não usam os seus inimigos destas mesmas armas?...", com essa frase emblemática a revista Anauê! n°21 apresenta a biblioteca pessoal do líder Integralista Plínio Salgado aos leitores, demonstrando aspectos pessoais da sua vida íntima, incentivando a leitura e a produção de livros pelos camisas-verdes de todo o país. 

Ao longo dos anos Salgado formou inúmeras bibliotecas que auxiliaram no seu trabalho intelectual e político. Infelizmente, seu primeiro acervo foi saqueado durante o Estado Novo (1937-1945), formando ao longo dos anos uma nova biblioteca no exílio, fato esse relatado no artigo "conversando com livros antigos", publicado nos Diários Associados, em 25 de fevereiro de 1968. 

A biblioteca pessoal de Plínio Salgado é tema de artigo de minha autoria publicada na Revista do Arquivo, n°18, dezembro de 2016. Neste trabalho analiso os diversos títulos presentes no acervo, além de dedicatórias ao autor, tornando a biblioteca uma importante fonte de estudos sobre aspectos pessoais do líder Integralista.


Acima imagem de Plínio Salgado ao lado da sua biblioteca pessoal nos anos de 1930, publicada na revista Anauê!, n° 21.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

"Parte 2: "Plínio Salgado encontra Oliveira Salazar em Portugal"

Nas últimas postagens abordei o emblemático encontro entre o Presidente do Partido de Representação Popular - PRP (1945-1965) Plínio Salgado e Oliveira Salazar, em Portugal, durante os anos de 1960, noticiada no jornal Diário de Lisboa, em 15 de maio de 1962, com o título "O Presidente do Conselho recebeu o Dr. Plínio Salgado".

O encontro também foi notícia de destaque no jornal A Marcha, em 17 de maio de 1962, com imagem das duas personalidades e título "Plínio Entrevistou-se com Salazar em Lisboa", transcrevendo a matéria publicada no jornal Diário de Lisboa, demonstrando a importância da recepção.


Acima raro exemplar do jornal A Marcha, publicado em 17 de maio de 1962, com a imagem de Plínio Salgado e Salazar.

Para maiores informações, acesse: http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2017/01/plinio-salgado-encontra-oliveira.html

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

"Livro de Abdias do Nascimento é destaque no jornal O Globo"

No último sábado (7), o jornal O Globo publicou matéria de destaque sobre a nova edição do aclamado livro "O Genocídio do negro brasileiro". O ensaio, sobre a luta do negro em nosso país, não foi apresentado na época, devido a intervenção do governo brasileiro, que impediu o autor Abdias do Nascimento demonstrar seu trabalho crítico sobre uma suposta "tranquilidade e harmonia racial" defendida pelas autoridades brasileiras. 

O aclamado trabalho publicado originalmente em mimeógrafo pela Universidade de Ife, na Nigéria, denunciando o racismo no Brasil na década de 1970 já era denunciado nos anos 1930 pela Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937), que contou nas suas fileiras com o próprio autor do livro Abdias do Nascimento, dentre outras personalidades negras, como, por exemplo, João Cândido, Guerreiro Ramos e Sebastião Rodrigues Alves, infelizmente fato esse não abordado no texto.


Acima imagem da nova edição do livro "O Genocídio do Negro Brasileiro", publicado pela editora Perspectiva, ano 2017 (Fonte: jornal O Globo).