quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

"Lançamento do livro Plínio Salgado - Um católico Integralista entre Portugal e o Brasil (1985-1975)"


Acima imagem do livro "Plínio Salgado - Um católico Integralista entre Portugal e o Brasil (1985-1975)", ano 2017, publicado pela ICS (Fonte: Facebook). 

Hoje, dia 14 de dezembro de 2017, recebi em minha residência o livro "Plínio Salgado - Um católico Integralista entre Portugal e o Brasil (1985-1975)", escrito pelo  Prof. Leandro Pereira Gonçalves, publicada pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa - ICM, fruto de anos de pesquisa sobre a passagem do líder Integralista em Portugal (1939-1946), durante o exílio.

Segundo a apresentação da publicação: "Este livro representa um excelente estudo sobre o pensamento da ação política de Plínio Salgado, o fundador e dirigente da Ação Integralista Brasileira, que encapsulou de forma notável as metamorfoses de um intelectual político do Século XX". (...) Leandro Pereira Gonçalves desenvolveu uma análise cruzada e rigorosa da evolução política e cultural do líder integralista, com particular destaque para o exílio em Lisboa, entre 1939 e 1946, quando conviveu com a política e intelectualidade portuguesa e estabeleceu um discurso cristão, próximo do Estado Novo de António Oliveira Salazar, que levou para o Brasil e o caracterizou até ao fim de sua vida.  

Para maiores informações sobre o livro, acesse: 
https://www.imprensa.ics.ulisboa.pt/index.php?main_page=product_book_info&cPath=4&products_id=386


terça-feira, 5 de dezembro de 2017

"A Maçonaria contra o Integralismo"

O jornal A Razão, impresso em 07/10/1935, publicou uma curiosa reportagem intitulada "A Maçonaria contínúa a fazer propaganda do Integralismo... Tremei, camisas-verdes, dona Accacia entrou em scena!". Nesta reportagem é possível  observar a veia cômica do autor, demonstrando que a loja maçônica não consegue conter o avanço do Integralismo, através de sua campanha impiedosa de combate ao Sigma.

O texto publicado no jornal ainda faz referência ao camisa-verde Gustavo Barroso, um dos principais líderes do movimento Integralista e combatente da maçonaria, curiosamente na reportagem está presente o relato sobre um suposto encontro entre o Integralista e um maçom, que teria declarado: "eu sou maçom, mas o senhor abriu-me os olhos!". 

Acima imagem da reportagem  intitulada "A Maçonaria contínúa a fazer propaganda do Integralismo... Tremei, camisas-verdes, dona Accacia entrou em scena!", publicada no jornal A Razão, em 07/10/1935 (Fonte: Biblioteca Nacional).

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

"Os eleitores e a Acção Integralista Brasileira"

Em 2018 o país irá novamente as urnas, em certos aspectos o caldeirão político atual se resume pela inexistência de um personagem unânime entre os eleitores, surgindo inúmeros candidatos, abrindo espaço para aventureiros e políticos profissionais que se utilizam da insatisfação popular para angariar votos de eleitores ingênuos. 

Na década de 1930 a Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) já realizava um alerta contra os políticos profissionais e aventureiros, além da venda de votos, uma prática comum da época. Segundo o panfleto do período: "Approxima-se a hora em que você entrará n'uma prisão para dar um voto livre. E você conhece os programmas dos partidos em lucta? Se não conhece, como e porque, optar por este ou aquelle? Como escolher o que não conhece?"

Curiosamente o referido panfleto reproduz ataques contra o comunismo e socialismo, entretanto o maior adversário eleitoral do Sigma no país era representado pelos partidos liberais, que utilizavam do expediente da compra de votos e da violência como principais armas para manter o controle político em certas regiões do país, sendo o Integralismo um perigo para oligarquias locais. 


Acima imagem do panfleto "Eleitor!", publicado pela Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) na década de 1930 (Fonte: APERJ). 

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

"Livro: Histórias Não ou Mal Contadas aborda Integralismo brasileiro"

Nos últimos dias em uma das inúmeras livrarias localizadas no Estado do Rio de Janeiro tive o prazer de conhecer a obra escrita por Rodrigo Trespach intitulada "Histórias não ou mal contadas - revoltas, goles e revoluções no Brasil", publicada em 2017 pela editora Harpercollins, com preço médio de R$ 30,00. 

No livro é possível encontrar algumas páginas dedicadas ao Integralismo brasileiro com o título "Os Galinhas Verdes e o Golpe de Pijama".  Nesta parte o autor traça de forma resumida a história da Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) abordando seu surgimento, criador, confrontos entre opositores e as tentativas de revolução em março e maio de 1938. Alguns escorregões são encontrados pelos leitores mais atentos, entretanto, no aspecto geral o livro trata de maneira honesta a história do Sigma. 


Acima imagem do livro "Histórias não ou mal contadas - revoltas, goles e revoluções no Brasil", publicada em 2017 pela editora Harpercollins. (Fonte: Saraiva)

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

"Centro Ingregrado de Cultura exibirá o documentário Anauê! O Integralismo e o Nazismo na Região de Blumenau"

Nos dias 17, 18 e 19 de novembro de 2017, às 20 horas, estará sendo exibido o documentário "Anauê! O Integralismo e o Nazismo na Região de Blumenau", no Centro Integrado de Cultura, localizado na Avenida Governador Irineu Bornhausen, n° 5600, Agronômica, Florianópolis - SC.

O local aonde ocorrerá a exibição e nacionalmente conhecido por abrigar diversas manifestações culturais regionais, abrigando salões de exposição, bibliotecas, cinema e o teatro Ademir Rosa. Aproveito a oportunidade para lembrar aos interessados em assistir o documentário que a entrada é gratuita.


Acima imagem de divulgação do documentário "Anauê! O Integralismo e o Nazismo na Região de Blumenau" (Fonte: Facebook).

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

"Seminário Internacional 80 anos do Estado Novo"

Nos dias 8 à 10 de novembro de 2017 será realizado na Fundação Getúlio Vargas - FGV, localizada na Praia de Botafogo, n° 190, auditório 1333, Botafogo, Rio de Janeiro - RJ, o "Seminário Internacional 80 anos do Estado Novo", com início as 8:30 às 21:00 horas, entrada gratuita. 

Segundo a organização: "O objetivo do seminário é marcar a passagem dos 80 anos do início do Estado Novo brasileiro, ocorrido a 10 de novembro de 1937, debatendo temas relacionados ao autoritarismo e à democracia, assim como os possíveis legados das experiências autoritárias dos anos 1930-1940. O debate não se limitará ao caso brasileiro, pós estará igualmente preocupado com outras experiências na América Latina e na Europa". 

Para maiores informações, acesse: http://cpdoc.fgv.br/noticias/eventos/seminario-80anos-estadonovo