quarta-feira, 22 de junho de 2011

"Fundação do Centro Cultural Barão de Studart"

No dia 30 de abril de 1955, a edição n°5 do Informativo A Cultura, de forma entusiasta e vibrante, anuncia a formação oficial, em Iguatú – CE, do Centro Cultural Barão de Studart, nome escolhido para homenagear um dos principais vultos da história e literatura do Ceará.

Diversos Centros Culturais da região participaram da solenidade, realizada no Cine Teatro Sá, que contou com a presença ilustre dos Águias Brancas Dr. Gaspar Brígidio e Dermeval de Sá Barreto, estes responsáveis pela expansão da entidade no Ceará. Além da presença dos Águias Brancas autoridades civis, como a grande impressa, estiveram presentes durante o evento.
No final da solenidade o Presidente da sessão Dr. Gaspar Brigidio, convidado pelo Secretario Benildes Mendonça, realizou a leitura da ata dando posse a Diretoria aclamada, que ficou assim constituída: Pres. Maria Nazira Cavalcante; 1° Vice-Presidente Luíz Matos Cavalcante; 2° Vice-Presidente Norma Carvalho Monteiro; 3° Vice-Presidente Milton Coelho; Secretaria Geral Erotildes Helena e Silva; 1° Secretaria Benildes Mendonça; Tesoureira Maria José de Oliveira; Orador: Antônio Barros de França.
Por fim, foram empossados os dirigentes do Centro Cultural e em seguida prestado o compromisso, na forma de Estatuto. No final do evento a emoção tomou conta dos presentes, após a leitura da MENSAGEM A JUVENTUDE HERÓICA, dirigida a juventude brasileira, proferida pela Águia Branca Maria Nazira Cavalcante que teve como principal objetivo conclamar a mocidade para se unir a Bandeira Águia Branca.


Imagem da edição de 30 de abril, n°5, Ano I, do Informativo A Cultura editado pelo Centro Cultural Clóvis Beliváqua, entidade líder dos Centros Culturais do Ceará.

3 comentários:

  1. Conheço Iguatú muito bem, afinal sou natural de lá. Muito bom esse centro cultural lá.

    ResponderExcluir
  2. Ola Alexandre, realmente a Iguatú e uma região única, infelizmente seus cidadãos como seus governos não valorizam a história da região, algo lamentável uma vez que todos perdemos com isso.

    ResponderExcluir

Obrigado.